A capacidade que temos

Nós descobrimos a razão da vida, o porquê o Criador Deus nos criou e é dentro desta verdade que devemos fazer a diferença, sendo funcionais ao propósito de existir e de modo algum podemos estar jogados as traças, ou como um violão quebrado, que não toca mais nada. Avante meus irmãos, vamos fazer por nós e gritarmos nas praças que somos aqueles que honram o senhor que habita em nós, somos o desejo do nosso Criador, somos a consciência, aquela que manifesta tudo que existe. Todas as consciências devem se encontrar e ver o valor e a importância que tem, pois se a própria consciência não se valorizar quem é que vai valorizar? Deus nos criou pela vontade de ser manifestado pela consciência, justamente porque Ele não possui consciência de si mesmo, já imaginou a grandeza disso? É uma coisa extraordinária, a consciência é tão grandiosa que o reino de Deus cabe dentro dela, é uma coisa estranha e ao mesmo tempo espetacular, e ainda há quem diga que não temos importância para Deus, pois ele mesmo não é capaz de enxergar a tamanha grandeza que nos envolve, e muito menos ver a importância que tem a própria consciência. Ninguém compreendia a consciência de Jesus que era um ser totalmente elevado ao espírito e com todo poder que ele tinha só usava apenas dois por cento da sua capacidade e todos a sua volta ficavam impressionados, agora imagina se uma consciência usasse cem por cento da sua capacidade? A consciência já seria o próprio de Deus. Não temos noção de como é isto, pois já seria no próprio plano do céu, ou seja, ainda estamos neste plano e já nos maravilhamos com tudo que vemos pelo raciocínio lógico, agora imagine quando a nossa consciência transpor de planos e fazermos parte eternamente da sabedoria de Deus, isso será espetacular e foi justamente para isto que Ele nos criou.

Voz dos anjos

Katia, Patrícia, Vaninha, Luiza Lauro, Zeca, Milena

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 10 =

Categorias

Postagens Rescentes