A lei é clara

A lei de Deus é clara e ela se cumpre em nós, consciências, que não andamos segundo a carne, mas andamos segundo o espírito. A lei não é para ser discutida e sim para ser cumprida, não adianta procurar pêlo em ovo, se a consciência estiver ligada a carne por qualquer sentimento, não está cumprindo com as leis de Deus e sim com os desejos da carne. Querer justificar o próprio erro só vai piorar a situação, contender com Deus é loucura e pura falta de entendimento, pois a própria consciência fica como que andando em círculo e só começa a se corrigir de verdade quando passa a ver onde realmente está ligada, e não adianta querer discutir uma lei que foi o próprio Deus quem estabeleceu, mas quando a consciência compreende que o propósito de Deus envolve o desligamento da carne, ela passa a contemplar dentro de si mesma as maravilhas, pois está derrubando as paredes da ignorância. A consciência pode ser toda certinha na carne, como a madre Tereza de Calcutá, mas se estiver ligada a carne, está contra as leis de Deus, pois o erro diante de Deus é estar ligado a carne, pois Deus não tem sentimento algum pela carne que voltará ao pó. Deus só tem ligação com a consciência que está ligada ao espírito, pois o sentido de tudo é justamente o espírito voltar ao céu levando as nossas consciências para o proveito eterno de Deus. A razão da vida é clara e consiste em entregar as nossas consciências nas mãos deste espírito que nos vivifica, deixando de cumprir com os desejos da carne, pois a carne não herda o reino de Deus, mas toda a consciência que andar pelo filho de Deus obedecendo o espírito em tudo que ele disser, esta sim, herdará o reino de Deus.

Voz dos anjos

Katia, Patrícia, Vaninha, Michele, Milena, Zeca

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − quatro =