A verdade reverbera

Não existe luz mais forte do que a verdade que vem do raciocínio lógico, a verdade que reflete a realidade do que é, a verdade pura que não tem absurdos, a verdade que não vem do que para Deus tudo é possível. Deus não pode ser irracional, se fosse, Ele confundiria o ser humano, por isso o nosso irmão Pedro disse para desejarmos o puro leite racional, que é o alimento nos servido por Deus, não estes alimentos falsificados servidos por estes escroques do diabo. A verdade do raciocínio vem à tona como na luz do dia, o raciocínio é o olho do entendimento, colocar a carne à frente do espírito, não deixa a consciência vê-lo, é a mesma coisa de colocar as mãos nos olhos.

Nós estamos dentro de um propósito, onde temos um Criador, uma criação e o produto desta criação, e o que o raciocínio lógico nos fala a este respeito? Todo criador cria para o bem de si mesmo, não existe um criador que cria para o bem da sua criação, todo criador cria pelo o que a sua criação produz, o que uma criação produz deve servir quem a criou e não ela mesma. A existência do nosso Criador é espiritual e não carnal e por reflexões profundas descobri que o ser humano produz a consciência como criação, e Deus por sua parte nos assentou a porção do seu espírito pela vida, e pelo propósito de Deus devemos produzir consciência deste espírito e andarmos por ele. E como andamos pelo espírito? Pelas funções da consciência, que fora de manifestar existência, é ela que pensa, raciocina, forma ideias, pondera e age, ela deve fazer tudo isso pelo espírito e não pela carne.

Esta é a verdade que reverbera e salta pelos nossos olhos, a verdade de Deus, que ilumina toda consciência que anda pelo espírito, este mesmo espírito que desceu do céu e que já nos dá a vida. É este espírito que nos faz entendidos do propósito de Deus, ele já é a nossa vida eterna, não precisamos esperar por nenhum outro.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 3 =