Ateu

Na sua humilde opinião é melhor não acreditar em nada ou acreditar numa mentira? Neste caso você julga melhor ser ateu, ou acreditar num deus de mentira? Nós vemos que neste mundo existem muitos deuses pagãos, são deuses inventados por religiões, seitas e filosofias, e mesmo dentro das igrejas, cada um monta um deus particular ao seu molde. Você acredita que pode existir uma relação de intimidade entre um criador e sua criação, ou esta relação é o de função? Por exemplo: pode haver uma relação de intimidade entre o Homem criador e a caneta criação? Ou a relação que existe entre eles é o de função? Neste caso, a relação que existe entre Deus Criador e sua criação humana também é o de função, isto é, todo criador cria pelo o que a sua criação produz, a razão da criação é o que ela produz. No caso da caneta, a razão dela existir é a escrita, a razão da lâmpada é a luz que ela produz, e no caso do ser humano, como criação, a razão dele existir é a consciência que ele produz.

Nesta mesma linha de pensamento vamos afirmar que; o que uma criação produz deve servir quem a criou, a escrita, por exemplo, deve servir o Homem que é o criador da caneta, a luz que a lâmpada produz deve servir também o Homem que é o criador da lâmpada, e neste caso a consciência que o ser humano produz como criação, deve servir a Deus que é o Criador do ser humano. E como a escrita serve o Homem? Pela impressão que ela deixa no papel. E como a luz serve o Homem? Clareando o escuro quando chega à noite. E como a consciência serve a Deus? Andando pelo espírito que Ele já nos assentou pela vida, isto é, a obra de Deus na nossa consciência é que ela se desligue da carne que a produziu e se ligue nesse espírito que Deus nos assentou pela vida, fazendo isto a relação que temos com Deus pelo espírito é de Pai e filho, é uma relação de semelhança e não mais de Criador-criação.

Então, esses deuses apresentados por religiões são deuses falsos, de mentiras, pagãos, deuses que não existem, o tal do deus do impossível, deus que serve a sua criação, que ignora o próprio filho pela criação. Acreditar em deuses assim, é melhor ser ateu, até encontrar o Deus verdadeiro que criou os céus e a Terra e tudo que neles há, o Deus que não faz acepção de pessoas, que não tem privilegiados e que não exclui ninguém, mas todos que praticarem suas leis estarão na próxima etapa da vida.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − um =

Categorias

Postagens Rescentes