Base eterna

Apoio, suporte, sustento, sustentação, sustentáculo, escora, esteio, firmamento, pilar, eixo, assento, arrimo. Estes são os sinônimos da palavra base, o qual é usado para o nosso aprendizado aqui neste mundo, mas dentro do propósito de Deus temos que fazer do espírito a nossa base, ele é a rocha que Deus nos assentou para nos manter firmes dentro do caminho da vida. A consciência que se firma nesse espírito nada a derruba, pois, o seu firmamento está em Deus, é através Dele que a consciência se eleva aos céus dos céus para alimentar de toda a sabedoria que vem do nosso Pai Deus.

Sabemos, temos, devemos, são ações plurais onde o que mais importa é a singularidade tanto do pensar, quanto do falar e tão ou mais importante do agir, pois em partes forma-se o todo! O conceito já o tenho, o conhecimento já se acomodou em minha consciência, embora seja eu um ser em construção, pois todos os dias aprendo tanto de mim consciência quanto do Espírito. Tenho absoluta convicção de que o senhor é e deve ser o meu único esteio, pois estou tratando de minha eternidade com vida, mas inquiro-me: eu o tenho realmente como tal ou só tenho usado o conhecimento traduzido em palavras? Tenho que ter isto por certo dentro do meu coração e agir dentro disso, pois caso não aconteça eu mesma me lançarei no vazio eterno.

O propósito de Deus é sério e já está todo montando dentro de mim, devo me voltar para dentro e mergulhar no meu mais profundo para que tudo seja manifesto, tanto as coisas boas que Deus tem a me mostrar como também as que precisam ser eliminadas, não devo culpar ninguém caso eu não conclua este propósito em mim. Deus já me deu o poder do raciocínio e é através dele que amplio a minha visão para que eu enxergue tudo concernente ao meu Pai Deus. O propósito de Deus é o caminho para a vida espiritual eterna! E através do cumprimento do estabelecido por Ele, e somente assim será possível adentrar o plano dos céus com a vida. O salmista declara que: “o senhor é a minha rocha e fortaleza… meu libertador… meu rochedo e em quem me refugio!”

E nele está o sustentáculo para atravessar todas as intempéries que possam se interpor durante a caminhada, que é realizada dentro de mim mesma, em minha consciência. O espírito é quem me prepara para guerrear contra o exército do mal que eu mesma criei e para tanto eu é quem devo o eleger como absoluto em mim e jamais olhar para trás, o que passou, passou, agora o meu foco deve estar somente no senhor para que nenhuma nuvem possa se aproximar e turvar minha consciência, pois sei que só a minha alma pura entrará o reino de Deus e fará parte do Seu corpo.

 

Somando as luzes

Loir e Rozivane

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =