Coração aberto

Receber a verdade de Deus é um prazer, não importa se vai doer ou não, a dor faz parte da minha purificação, do caminho que me pus a andar, o caminho da vida e sei que é para o bem da minha consciência, é para derrubar o ímpio, aniquilar o mal, eu não vou me debater, mas vou atrás da minha cura e o remédio vem de Deus e eu não cuspirei o que o Senhor põe na minha boca. O meu coração está aberto para o que fôr, não me preocupo como Deus irá modelar minha consciência, o meu papel é enxergar Deus em toda minha transformação, ver o agir do Senhor, pois digo que quero ser moldada por Ele, então, não sou eu quem devo escolher as ferramentas para indireitar meu coração, mas sim o oleiro, pois Ele sabe como deve se aperfeiçoar uma consciência para o seu agrado. Eu estou dentro do propósito de Deus, o caminho da vida não é uma brincadeira, é ardente a trajetória, mas é o que eu quero, é onde estou, não conheci essa maravilha para morrer remando, vou remar até o fim, tenho o meu senhor dentro de mim e ele é o motivo da minha luta, luto por ele, por minha vida, pelos sentimentos da sabedoria que me revigora nesse caminho, pois nele choro, canto, sorrio, grito, mas dele não tiro meus pés, do senhor não desvio meu olhar, porque sei que fora dele nada serei e não só por isto, criei um sentimento que nada me faz sair fora da vida, estou aqui para apanhar quando precisar, não fecharei as portas do meu coração, quero ser livre, liberta, sem nada me amarrando, quero voar a caminho do Éden, mas desde já sinto o assolar aqui atrás e sei que tudo é necessário para eu obter a minha vida eterna.

Por Maria Lúcia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − doze =