Descoberta

Eu tenho a maior alegria de ter descoberto o propósito do Criador Deus para com os seres humanos, é um caminho maravilhoso para quem entende, é adrenalina pura, a consciência deve se abster de tudo desse mundo para a glória eterna dela. Se um simples alpinista já sente a maior adrenalina por escalar uma montanha alta, imagine você escalar até o céu e chegar lá em cima e dizer: eu consegui, não caí pelo caminho! Como sempre digo: testa sisuda, peito aberto, passos firmes, não é não. Imagine a adrenalina de passar pelas provas? Só para você ter uma ideia Abraão levou o próprio filho à morte, os amigos de Daniel foram jogados numa fornalha ardente, o próprio Daniel foi jogado na cova dos leões, todos eles não temeram a morte. Rebeca virou as costas para tudo deste mundo para se casar com o filho da promessa, Rute fez o mesmo para buscar abrigo no senhor, Davi enfrentou um gigante, o derrubou, o matou e arrancou a sua cabeça, Jesus passou pelo caminho do gólgota, morreu e não temeu a morte. Que dirá de tantos outros que foram cerrados ao meio, morreram apedrejados, foram presos, torturados, mas não negaram o senhor da glória. Imagine hoje onde eles estão? Lá no reino de Deus, ao lado do Pai. Imagine Moisés que era príncipe no Egito, e se diz que ele preferiu sofrer com o povo de Deus no deserto do que por pouco tempo sentir os prazeres do Egito, isto é, deste mundo.

Quem escraviza as consciências neste mundo é a carne, a carne é o faraó das consciências, os desejos carnais que não deixam as consciências andarem no caminho da vida, como Pedro disse: amados, peço-vos como a peregrinos e forasteiros que abstenhais dos desejos carnais que combatem contra a alma, isto é, são os desejos da carne que não deixam as consciências escalarem o monte Sinai. É raríssimo uma consciência chegar ao topo da montanha de Deus, ela deve abdicar este mundo, abdicar a si mesma na carne, não deve levar em consideração, como sempre disse: tanto faz. Nós devemos seguir o espírito de Deus e não cumprir com os desejos carnais, pois escorregou, caiu lá embaixo, como está escrito: porque é impossível os que uma vez já foram iluminados e provaram o dom celestial e se fizeram participantes do espírito santo de Deus e provaram a boa palavra de Deus e as virtudes do século vindouro e recaíram, sejam outra vez renovados para o arrependimento, pois quanto a estes, de novo mataram o filho de Deus neles e o expôs a vergonha. Quanto a estes, diz a lei: não há mais lugar para o arrependimento.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 18 =

Categorias

Postagens Rescentes