Despertar

Quem é este que desceu do céu e está em nós para nos levar ao céu dos céus? Ele veio de tão longe para nos levar a outro plano, plano este que não enxergamos com este olho carnal, mas que devemos usar do raciocínio lógico para alcançarmos a tão grande sabedoria que nos cerca e nos move. A grandeza de Deus é realmente incrível, lindo de se enxergar, mas olhando para mim, para meu interior, será que sou digna de tudo isto que me cerca? Meus atos mostram tudo ao contrário do que tento levar as outras consciências, por isto penso, estou passando o quê para o outro sendo que meu íntimo não agrada a Deus? É um caminho introspectivo, sim, uma busca lá no profundo do meu íntimo! Afinal qual o sentido em querer ver a mudança em outrem e não vê-la efetivamente em mim mesma? É como se eu dissesse: salvem-se, já estou perdida! Mas sei que o braço do Senhor continua a mim estendido e ouço Sua voz a me dizer: aja, não desista, lute, continue.

O Senhor é a rocha viva, que sustenta meu universo, um abraço quente, que envolve meu coração, guia-me Senhor, e faça meu querer ser cumprido, falar o que não sou é fácil, mas lumie todo canto, e veja cada ponto, para que tire todo mal, e assim serei alma, sua casa, molde-me para que eu possa servir ao Senhor, molde-me da melhor maneira para o encaixe de sua mão, molde-me, pois quero ser útil a Ti. Por que o que me adiantaria andar por meus próprios caminhos se nem sei que caminho é este? Mas tu és a lâmpada para os meus pés, a luz que me guia no caminho reto, o caminho da paz, do amor, da verdade e da liberdade. O caminho que tu traçaste, sem desvio algum, para me conduzir ao teu reino eterno de luz, o caminho está a nossa frente, chegamos ao entendimento da verdade, raciocinamos o propósito de Deus, e devemos andar segundo este propósito, seguido por leis e princípios, qualquer coisa que esteja fora dele não irá para frente, não irá vingar, pois o que é da carne, é carne, e o que é do Espírito, é Espírito, são duas coisas completamente diferentes, não se misturam.

Seria como o ser humano e o plástico, não existe sentimento entre os dois, não existe este sentimento que os religiosos pregam entre Deus e os seres humanos, mas somente o sentimento da parte de Deus de função, por isso o caminho de Deus é de compreensão, primeiro é compreender a Ele de todo o coração, é Deus que nos mostra todas as coisas e é Ele que mexe com o nosso interno para o bem. Basta nos voltarmos para dentro, nos enxergarmos e mãos à obra. Não podemos perder tempo, temos que despertar para a vida, o espírito continua batendo os nossos corações, basta a ele nos entregarmos que ele fará toda a obra dentro de nós, se fizermos a nossa parte podemos ficar tranquilos, pois ele não falha na dele, devemos nos fazer honrados e honrar a este espírito, assim como uma esposa fiel honra o seu marido, a lealdade tem que partir de cada um de nós, devemos de fato nos entregarmos a ele e deixarmos que ele nos guie, assim sentiremos a paz verdadeira e a alegria de andarmos no seu reto caminho, seremos justos diante de Deus e funcional ao propósito de existir.

 

Por todos os irmãos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 12 =