Divisor de águas

Me encontrei dentro de mim mesmo, vi uma luz raiando no fundo do meu imo, a sabedoria foi emergindo raiando na minha consciência fazendo-me conhecer por dentro. Um verdadeiro divisor de águas, antes era tudo trevas em minha imensidão, mas quando compreendi a santa palavra, a luz infinda iluminou meu coração. Foi algo transcendental que não consigo descrever com palavras, ver a luz se expandindo no meu coração fazendo-me enxergar em um novo ser. Trata-se de um caminho interno, uma nova gestação, o filho do Altíssimo sendo gerado em minha alma, sendo moldado pela mão divina. Devemos ser cautelosos com o filho da vida, devemos ter total seriedade para que ele venha chegar na sua completude, que é Cristo. A nossa consciência se faz a esposa de Deus e gerando o filho da sua vontade até a estatura completa, este ser nascerá no reino de Deus e será o corpo eterno da consciência. Já estamos andando nesse caminho traçado por Deus, já passamos pela fase de espermatozoide e estamos na fase de ser humano, produzimos a consciência, enxergamos a verdade de Deus e já tiramos o véu da ignorância que cobria os nossos olhos com o engano, conscientizamos o espírito de Deus e estamos gerando o novo ser em nossas entranhas. Tudo acontece no interno, com total ciência de tudo, um processo gestativo na consciência, crescendo no espírito e eliminando tudo que é desse mundo. Esse é o caminho da vida que leva nossa alma até a próxima etapa, o propósito do Criador concluído e nele não há barganhas e nem falhas.

Somando nossas luzes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − 2 =