Efeito de halo e de horn

Efeito de halo, tendência para fazer uma apreciação positiva de uma pessoa, a partir das primeiras impressões gerais que se tem dela. Efeito de horn, tendência para fazer uma apreciação negativa de uma pessoa, a partir das primeiras impressões gerais que se tem dela. É lógico que seria precipitado julgar alguém por um ato positivo ou negativo que ela cometa, mas conhecendo bem uma pessoa e depositando total confiança nela, e ela te trair, com qual impressão você fica dela? Com toda boa impressão que ela te passou, ou como uma traidora? A traição apaga toda a boa impressão que você tinha da pessoa, como quem diz: ela não é nada disso que tentou mostrar, passa a impressão de uma pessoa falsa agora, em quem não se deve mais acreditar. Sujou toda a sua boa fama num só ato de traição, não é mais a pessoa que você pensou que fosse.

A questão de uma consciência não está apenas no que ela faz, mas na capacidade que ela tem de fazer as coisas, se já traiu uma vez, é porque capacidade de trair ela tem e se você sabe que a pessoa tem a capacidade de trair, como colocar confiança nela novamente? Consciência insossa, que anda pelos desejos que lhe atrai, não se importando com a sua própria dignidade, muito menos, se preocupa em machucar quem te confiou. Uma consciência solta no mundo em busca de aventuras, não está aqui no mundo para nada, mas só para aproveitar esta vida provisória que lhe deram. Não tem a menor noção da grandiosidade que nos envolve, que aliás, não tem a menor noção do que seja uma grandiosidade. Tudo que pensa é pular de paraquedas, andar de asa delta e viajar, isto para ela é aproveitar a vida que tem, não tem a menor possibilidade de entrar em contato com o Criador do universo, adentrar o abissal da alma, o que chamamos de psicologia abissal, que investiga as camadas mais profundas da personalidade de uma pessoa.

Um sábio (jegue) humano disse: não sei para onde estou indo, só sei que estou no meu caminho. Todo os dias me pergunto: será que para chegarmos a vida eterna do espírito foi mesmo preciso passar por este mundo? Não tinha um outro lugar melhor para passarmos? Eu não sinto que nasci neste mundo, mas sinto que fui despejado aqui, este mundo é dos contrários, às vezes até penso que já vivi em outro lugar e fui condenado e me jogaram neste mundo para eu pagar a minha pena. Todos aqui são irracionais, não veem nada pelo entendimento, sequer sabem o que produzem como criação e para que serve, ninguém considera o espírito de Deus dentro de si mesmo e olha que ele seria a vida eterna da consciência lá no plano do céu. Ninguém neste mundo fala a respeito, como se não existisse uma razão para estarmos aqui, falar mais o que diante dessa situação?

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 7 =

Categorias

Postagens Rescentes