Em busca da paz

Buscam a paz, onde mora só a dor

Buscam a luz, onde nada reluz

O que será que aconteceu?

Vão tão longe buscar a Deus

 

Como abrir os olhos da nação

Se o que enxergam é apenas ilusão?

Todos relutam contra a razão

E cada um anda por seu próprio coração

 

Como toca-las pelo amor verdadeiro

E fazê-las sentir exalando no peito?

Seria o libertar das almas presas

Para verem a beleza da vida e sua destreza

 

Como eu queria ter poderes nas mãos

Para mostrar que Deus nos mostra a salvação

Como eu queria que buscassem compreender

Que a vida batuca no peito, e nos fará eternamente viver

 

Mas como mostrar ao peito

Que se tornou totalmente insensível

Não quer escutar, trancou os ouvidos

Para não entender o verdadeiro sentido

 

Eu fico aqui sozinho, como que enxugando gelo

Todos seguem seus próprios conselhos

Como falar da eternidade a frente

Se o que queriam, era viver nesse mundo eternamente?

 

Por Ítalo Reis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + dezoito =

Categorias

Postagens Rescentes