Enquanto pulsa

Olho em volta e me entristeço, atualmente se tornou um prazer estar preso na metanfetamina da carne, um sentimento falso de estar feliz preso ao mundo, tão anestesiado que quem se apodera dessa droga perde a visão e o caminho da salvação se apaga na escuridão, quantas casas vazias, quantos desabrigados ao relento, sem alento, dia e noite, noite e dia. O entoar celeste canta, se debate, a vida fala forte em seu peito, mas ninguém a vê, ninguém a sente. Diante isto tudo, eu tento, queria poetizar, mas só consigo rabiscar, queria metaforar, falar palavras lindas, mas a verdade me impede de fazer isto, vejo tudo esvair como fumaça, e escapar de minhas mãos como as águas dos rios, um tempo precioso, perdido por insanidade, uma vida gloriosa, perdida por vaidades, e vejo que lutar é em vão para quem sabe que vai desistir da batalha.

A grandiosidade de todo este universo assusta a ponto de cada um não sair da sua casca, vivendo como se não fosse nada, e rastejando como lagartas. Não brinque com a vida, o Altíssimo, justo juiz, está te dando a vida eterna, para sua consciência, só que a vida está no espírito, e apenas ele poderá nos salvar. Vai mesmo jogar a espada ao chão sem nem ao menos tentar? É Deus que nos instrui a ouvir a sua sabedoria e andar em retidão enquanto é dia, enquanto ainda pulsa, que nosso caminhar esteja na ação de todas nossas condutas, que elas sejam condizentes com tudo que a nossa boca fala, para jamais voltar vazia, pois a mudança interna nos muda por fora, transcendendo nossos escudos, e que a tua preferência seja a excelência da vida, superando aos demais, que não encontram a saída.

Meu Pai amado, me sinto como um recém-nascido em seus braços que acabou de abrir os olhos e viu a luz da tua imensidão pela primeira vez, percorro sobre as águas que o senhor me faz ver e nela enxergo a minha vida e o meu viver! Sei que chegar no entendimento do propósito da vida não salva ninguém, mas a prática dele é que nos leva ao céu, e assim como precisamos da água nos dias quentes, e precisamos da coberta nos dias frios, que bebamos da água da palavra de Deus, e que nosso aconchego esteja somente no Senhor.

 

Por todos os irmãos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × quatro =

Categorias

Postagens Rescentes