Ensinados pelo Autor da vida

No silêncio se ouve os sonidos da sabedoria que nos fala da compreensão, que nos mostra a proceder na simplicidade, e faz com que todos ouçam a voz da razão. Ela nos convida a sentar a mesa, fartar-se de todos os alimentos e do verdadeiro pão, ela se iguala a todos, e reparte igualmente na mesma medida sem deixar nenhuma alma faminta. A abundância está jogada a mesa, para todos que queiram degustar, a palavra é santa e verdadeira e preenche por dentro deixando a consciência que ouve totalmente salutar. Esta palavra nos revigora, nos faz crescer no saber, o entendimento se fortalece, o discernimento se torna estímulo para tudo compreendermos. Imagine só, estamos sendo ensinados pelo Autor da vida, Ele é quem nos mostra a rota a seguir, Ele mesmo que nos malha para sermos preparados, para seguirmos firmes em linha reta nesse caminho. Devemos nos colocar nas mãos de Deus, deixa-lo tocar o nosso barco, não podemos temer as águas tempestuosas que sobrevém para nos derrubar, pois um tripulante que confia no seu comandante não tem o que temer, porque ele mesmo sabe a hora de acalmar o mar revolto, e deixar somente a brisa em nós bater. Tudo é mais que necessário para passarmos, e deve ser bem visto e compreendido que é para o bem, para o próprio alinhamento da consciência, para que ela seja forte ao receber tudo que lhe sobrevém. O caminho, bem sabemos que é esse, e não se pode criar alternativas fora dele, pois já estamos todos dentro dele querendo ou não, o lance aqui é respeitar a lei e cumpri-la, se é que a consciência tem noção da eternidade que há a sua frente.

Por Ítalo Reis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 16 =