Escrito nas estrelas

É no meu céu que está escrito as ordenanças de Deus, é sobre a estrela que hoje brilha no meu interno universo que está escrito a história que escreveremos juntos, uma história de amor, de verdades, de entregas, de respeito e fidelidade. Voo como um pássaro neste meu céu com as asas do meu senhor, ele me deu o poder de viajar nos pensamentos e subir mais alto que as águias, em lugares que jamais conhecerão. No infinito divino só se alcança pela sabedoria, pois é o Senhor quem molda nossas asas para tocarmos pelo entendimento e sentimento o coração do Altíssimo, é sentindo e vivendo o que já está gravado no coração que alçaremos voos longínquos muito além do pó desta Terra. Lugar elevado onde a vida se desenha de geração em geração, por toda a eternidade, onde os rasantes não se acabam por serem acionados num infinito particular dentro dos corações castos.

Santo és o Senhor e sua vivência em cada flor, nos faz enxergar a simplicidade sem distinção, não há pobre nem rico, não há separação de cores, todos carregam a honra da nobreza, a vida assentada por Deus, pois já está escrito em cada estrela que só o Senhor é Deus que alinha os céus azuis turquesa no prumo da reta  justiça, que renova nossa esperança a cada aurora, alimentando-nos com o Teu amor, porque por Ele somos restaurados e transformados, morremos e vivemos, respiramos e seguimos, firmes, porque Ele nos transpassa o sentimento da confiança que carregamos em nossas mãos para nunca perdê-la. Tudo já está desenhado nas tábuas de nossos corações, agora resta pintarmos individualmente cada tela com aquarelas vivas e de tons eternos para que venhamos a nascer no céu pela luz que transcende o novo ser e lá sim teremos nossa paz perpétua e verdadeira, porque nossa completude provém da vida e por ela nos tornamos livres interruptamente.

 

Somando as luzes

Paty e Lucinha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =