Espelho, espelho meu V

Me reflete a verdade de Deus, quem sou, o que produzo como ser, para que serve e o que tenho que fazer. Toda consciência é como um espelho, acontece que todas elas refletem uma ilusão de ótica e não a imagem verdadeira do que é, as consciências têm o raciocínio invertido dentro delas, ao invés da criação fazer a vontade do Criador, ela diz que é o Criador que tem que vir fazer as vontades dela. Outras dizem que não precisam fazer nada porque já veio outra criação e já fez o que elas deveriam fazer, elas acreditam que a carne sairá dos túmulos e voltará a vida novamente, elas acreditam que não temos a vida, mas só o fôlego da vida e quem dará a vida verdadeira para nós é Jesus. Muitas pessoas acreditam que a vida eterna é neste mundo mesmo e que o Espírito vai dar a vida eterna a nós, ou seja, o espelho, consciência, reflete a imagem toda distorcida e são por estas imagens que o ser humano anda. Por isso em apocalipse está escrito: unjas os seus olhos com colírio para que vejas. Ou a consciência é cega ou atrofiada e acaba distorcendo a imagem do que vê.

Jesus disse com todas as letras: conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. Mas nós vemos todas as consciências presas no engano, no eu acho, no esta é a minha opinião, e estão longe da verdade que liberta, era tão mais fácil as consciências refletirem a verdade do propósito da vida, mas o que as emperram de fazerem isto é a carne que se pôs à frente e não as deixam ver o Espírito Santo de Deus dentro delas, e mesmo Jesus dizendo: o Espírito é o que vivifica, a carne para nada se aproveita, todas elas vão atrás da carne e ignoram o Espírito de Deus. Não conseguem refletir no espelho, consciência, a imagem do Espírito pela vida, ignoram totalmente o Espírito de Deus dentro delas e vivem naturalmente pela carne como se fosse a única alternativa de vida. Ninguém dá a mínima para o Espírito Santo de Deus dentro de si mesmo e nem aquelas consciências que dizem conhecer o propósito de Deus e sabem que a vida é própria do Espírito, não dão o devido crédito a ele. Falam tanto do Espírito de Deus, desde que a carne esteja numa zona de conforto, mas é só sentir a carne ameaçada que já ficam agitadas de preocupações. Eu nunca trabalhei para mim mesmo, mas para deixar o próximo sem preocupação com esta vida da carne, mas noto que mesmo assim, eles são extremamente apreensivos com esta vida da carne, e não é só pelo básico da carne, mas muito mais pelos deleites da carne, e para isto não se contentam com pouco, mas querem se deliciar com a carne e ainda financiam quem quer viver devasso neste mundo, e desde criança já tendem para os prazeres carnais e não existe uma educação em prol do Espírito. Aquele pensamento de Deus que os pais passariam o ensinamento da razão aos filhos, e os filhos aos filhos não existe, e é isto que refletem em seus espelhos, consciências, esta vida carnal e é o que eles passam para os filhos, esta vida carnal, e ainda defendem os filhos na carne e financiam os filhos na carne, e pensam que Deus não está vendo, uma consciência opaca, que pensa que comete as loucuras delas as ocultas, quero ver no dia do juízo onde elas irão se esconder do que fazem contra Deus. Servem os filhos da carne, mas não fazem nada pelo filho de Deus, é isto que eu as vejo refletirem por seus espelhos, consciências.

 

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + sete =