Espúrios

Diz-se de um filho bastardo, ilegítimo, adulterado, falsificado, não autêntico, diz-se do filho de belial, inútil a razão de existir.

Nós estamos neste mundo por um propósito e este propósito concluído nos leva a condição de filhos legítimos da vontade de Deus, só que existe todo um processo para isto, primeiro o nosso pai carnal produziu o nosso espermatozóide que foi inseminado na nossa mãe carnal e passamos por uma gestação até a estatura completa do ser humano e nascemos neste mundo como se vê. Chegando aqui, crescemos, produzimos a consciência como um fruto natural e esta consciência agora se faz o ventre, o casulo, onde deve ser inseminado o espírito de Deus, que é este espírito que já nos dá a vida, passaremos por uma nova gestação e por fim o nosso nascimento no céu pelo espírito, concluindo assim o propósito de Deus em nós. Mas já foi muito raro passarmos da fase de espermatozóide a fase humana, a possibilidade chega à casa dos trilhões, isto é, uma em trilhões. Cada vez que um homem ejacula já são cerca de trezentos milhões de espermatozóides, contando cinquenta anos de atividade sexual de um homem, chega à casa de trilhões, mas o nosso espermatozóide é que entrou no ventre da nossa mãe, o restante foi para o ralo eterno.

Chegando neste mundo, são bilhões e bilhões de consciências caindo no vazio eterno e não chegam a fase espiritual. Todas as consciências são inúteis, filhas do lopreu, filhos espúrios, que não obedecem às leis de Deus e não vão estar na próxima etapa da vida, a tua consciência seria apenas uma em bilhões. Jeremias chegou a dizer que é um ou dois de cada geração. O caminho da vida não é este que você anda, você é mais um filho da perdição, diz entender o propósito de Deus do jeito que você quer, mas não anda no caminho da salvação, mas só vai pelas veredas da perdição. Paulo já dizia: não são os que sabem a lei que serão justificados, mas os que praticarem a lei hão de ser justificados. Alguns até sabem da lei, mas estão enfermos pela carne e não conseguem sair dela, são filhos corruptos no entendimento e retrógrados quanto a fé, filhos da perdição, e não tem quem os tirem da carne. Consciências insanas que só verão onde não deveriam estar ligadas nos infernos, mas daí será tarde demais.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − 8 =

Categorias

Postagens Rescentes