Estamos sempre sozinhos

Por mais que estamos rodeados de pessoas, estamos sempre sozinhos, pois cada consciência é única no universo e ninguém é exatamente como nós. Cada consciência tem a sua impressão digital, podemos até ter alguma afinidade, mas nunca somos exatamente iguais, cada consciência pensa de um jeito, está ligada a certas coisas, e nunca sabemos o que se passa por uma consciência, do que ela faz, do que ela é capaz de fazer e de todas as intenções dela. Mas uma coisa é certa, todos nós estamos dentro de um propósito, dentro do mesmo propósito que é do Criador Deus, e o propósito Dele, somos nós, como criação, produzir consciência e esta consciência deve se certificar do espírito que Deus nos assentou pela vida, e ela deve se desligar da carne que a produziu e se ligar nesse espírito que Deus nos assentou. As nossas consciências ligadas no espírito voltarão a Deus e lá no plano do céu viveremos pelo espírito eternamente e a carne sairá de cena, mas com o seu papel de produzir a consciência e entregue ao espírito concluído.

Só que por este caminho da vida cada consciência passa sozinha, embora todas passam pelo mesmo caminho, mas é dentro de si mesma, dentro de cada consciência. Eu não sei se a consciência está ou não está andando no caminho da vida, pois não tem como ver o que a consciência enxerga no caminho da vida, só sabemos pelos atos da pessoa, se ela cometer um ato grave contra o espírito, sabemos que ela não está no caminho da vida. O que liga uma consciência a uma existência são os sentimentos que ela tem, no caso, ou pelo espírito, ou pela carne. Se os sentimentos da consciência forem carnais é porque ela é carnal, e consequentemente se seus atos forem pelo espírito é porque a consciência é espiritual. Só que a consciência tem o poder de camuflar, ser falsa, hipócrita, isto é, muitas vezes pelo bem da carne a consciência se passa por espiritual, isso é uma prática comum entre os seres humanos, eles se passam pelo que não são para conseguirem o que querem, é o que chamamos de pessoas hipócritas, elas não são o que dizem ser, mas por trás são outras pessoas.

Isso é muito triste, porque as consciências não estão fazendo conta da vida eterna delas, pois a vida eterna está no espírito e não são os que camuflam, dizendo ser espirituais, que terão a vida eterna, mas o espírito que está dentro de nós sabe se a consciência é ligada a ele ou não, a própria consciência sabe disso, de onde ela está ligada. Paulo até enumerou alguns sentimentos como sendo da carne, como a avareza, a vaidade, o ciúme, a lascívia, a glutonaria, a bebedice e coisas semelhantes a estas. Paulo advertiu que quem tem esses sentimentos não herdarão o reino de Deus, pois a consciência está ligada a carne e a consciência só transpõe de planos, se ela estiver totalmente pura da carne.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 10 =