Eu me encanto

Eu queria escrever um poema com as rimas da vida

E que todos sentissem as palavras em seu coração

Gostaria que as almas sentissem o filho da vida

E que um dia veria a alma no reino de Deus

 

Neste mundo eu sinto a tristeza nos olhares perdidos

Não conhecem o caminho que os levam a salvação

E eu no meio, sem ter o que fazer, nesta plantação perdida

Vou tentando colher alguns frutos para o bem do Senhor

 

Eu me encanto, de ver uma alma bendita

Eu me encanto, de ver o Senhor satisfeito

Eu me encanto, de ver Deus ao meu lado

Eu me encanto

 

Um dia eu cheguei a este mundo nascendo na carne

Cresci vendo a vida sorrindo e acenando para mim

Fui buscar o segredo da vida no fundo da alma

Descobri que estava lá dentro o meu Salvador

 

Muita gente perdida sem ter o sentido da vida

Vão cair no vazio eterno sem volta e perdão

Eu preciso falar um segredo de um tesouro perdido

Só encontra a vida eterna dentro do teu coração

 

Eu me encanto, de ver uma alma bendita

Eu me encanto, de ver o Senhor satisfeito

Eu me encanto, de ver Deus ao meu lado

Eu me encanto

 

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =

Categorias

Postagens Rescentes