Exatores

Nós temos que ter realmente este sentimento de que estamos dentro de um propósito, não é uma fantasia e nem uma história da carochinha, mas é real e verdadeiro. Realmente estamos dentro de um propósito e este propósito realizado em nossa consciência à levará a próxima etapa da vida, mas se não realizar, a consciência cairá no vazio eterno sem volta. Já está tudo montado dentro de cada um de nós, o espírito, que é a mão do Criador-Deus, a carne que é a criação e a consciência que é o produto desta criação. Era só a consciência compreender o propósito de Deus, desligar-se da carne que a produziu e ligar-se no espírito pela vida eterna dela, mas por um erro de função, a consciência, não se desligou da carne e ignorou o espírito de Deus dentro dela. E o que vai acontecer por isso? Uma hora a carne voltará ao pó como era, o espírito voltará a Deus que o deu, e a consciência cairá no vazio eterno sem volta, pondo assim um ponto final no propósito de Deus.

A minha intenção é fazer as consciências, ao menos, sentirem que estão dentro de um propósito sábio, mas nenhuma sente isso, e todas andam pela carne como se fosse a única alternativa de vida, e mesmo a carne escravizando as consciências o tempo todo e morrendo no final do processo, as consciências submetem aos desejos carnais e caem no vazio eterno no final, pondo assim fim no propósito da vida. É uma coisa tão esquisita que nem Deus com toda a sua sabedoria entendeu o que aconteceu, e o sistema que os seres humanos montaram para viver escravizam todos, até mesmo os ricos que são escravos do dinheiro. O dinheiro se tornou um exator das consciências, um senhor absoluto, e ai daqueles que não obedecem ao dinheiro, ele manda matar até os pais e filhos. Na lei diz que a carne se assentou no lugar de Deus, que são as consciências, parecendo rainha, e se diz que ela diz: sou rainha e não verei o luto e nem o pranto, mas num só dia ela verá a morte e o pranto, e os mercadores se lamentarão sobre ela, que é aqueles choros dos velórios, e o mais terrível é a consciência que entrará em desgraça eterna, pois nem foi com o espírito a Deus e nem ficou com a carne que morreu. Que tragédia será para as consciências que não entenderam e não praticaram o propósito da vida, passarão uma eternidade no vazio por isso, a coisa é tão esdrúxula que fico pasmo diante da tragédia. O profeta Joel disse: os vinhateiros servos do Senhor se entristeceram porque a colheita do campo pereceu.

Não tem uma consciência boa para o proveito eterno do espírito, mas todas se perderam com a carne, e não se aproveita uma. Os prazeres carnais falam mais alto dentro das consciências e elas não dão a mínima para a vida eterna do espírito. Consciências fracas, débeis, sem forças para enfrentarem os seus gigantes, não conseguiram passar pela fornalha ardente dos desejos carnais, mas abriram as pernas para o primeiro que aparece. Asna selvagem, acostumada ao deserto, que conforme os desejos da sua alma, coabita até com o vento. Quem impediria o seu encontro? Todos os que a buscarem a encontrarão, no cio dela a acharão.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 6 =