Fascinado

Eu fico fascinado com as coisas que Deus faz, falo de tudo que me aconteceu na vida desde criança para que eu chegasse ao conhecimento do seu propósito, um crime fatal que me fez reluzir a vontade do saber a razão da vida, e gostaria que cada irmão, em poucas palavras, também falasse apenas de seus starts. A primeira coisa que me despertou para a vida foi me ver como consciência, saber que eu era o fruto desejado por Deus, pois nesse momento encontrei o elo perdido e separei as três peças dentro de mim. Quando vi a profundidade que era a consciência e como esta consciência precisa estar completamente pura para fazer parte do corpo de Deus, aquilo despertou em mim o trabalho que deveria ser feito dentro da minha consciência para que ela continuasse com a vida do espírito! O ponto que me despertou foi quando tive a percepção e o sentimento verdadeiro de que estou dentro do propósito de Deus, as visões da noite chamaram a minha atenção para a razão da vida, foi aí que percebi que tudo que eu perguntava para Deus, Ele me respondia através de sonhos.

O que me chamou muita atenção para que eu começasse a racionar para enxergar a grandiosidade que estou dentro, foi quando acabamos de conversar e um irmão apagou a luz da sala e disse: volte para as trevas onde você está. A partir daquele momento fiquei mais atenta a tudo que ouvia para que a luz da vida brilhasse dentro de mim. Primeiro veio a música para amolecer e sensibilizar meu coração, foi como um apontar para a chegada da verdade logo à frente e depois me vi e me senti como consciência, foi como um rachar de montanha, a coisa se dividiu aqui dentro e fiquei deslumbrante. O choro de uma irmã despertou a minha atenção, para buscar entender o que ela estava falando sobre a razão de Deus ter nos criado, mas foi pela recomendação de um outro irmão que me falou para descer do ônibus, que fiquei desconcertado e me vi sentado em um banco de uma praça qualquer pensando na razão de Deus ter me criado.

Não direi que foi apenas um momento que me chamara atenção, o todo me ilumina de prazer, cada canto desta sabedoria exulta meu coração, cada laço criado com o tempo, e cada sentimento vivo dentro de mim, tudo que me rodeia me fascina, quão grande é a sabedoria de Deus! Cada dia mais me deslumbro por receber mais alimento que vêm do céu e descubro cada espaço da terra que há dentro da minha consciência, mas o que me fez acordar para a vida foi enxergar que essa carne tem um prazo de validade e devemos cumprir nossa função como criação. Depois de tudo o que já havia ouvido, e de tanto relutar, pois havia uma guerra ferrenha em minha consciência, a verdade combatendo a mentira do engano tão enraizado, foi através do desabafo de uma irmã que me é muito querida que algo em mim se quebrou e senti a verdade inundar minha consciência, hoje sei quem realmente sou e para o que sou. Já havia ouvido algumas vezes um determinado irmão falando do propósito de Deus, mas nunca dei a devida atenção ao que ele falava, até que se passaram os anos, e o tempo foi passando, até que em um belo dia voltamos a nos encontrar, foi quando recebi sua visita em minha casa, e desta vez dei toda a atenção ao que ele falava, e eu o escutei e consegui não sei como, enxergar toda esta grandiosidade que é este propósito, e descobri minha razão de existir. O despertar veio quando me vi como criação, um irmão montou o quadro para mim e aquilo ficou em meu coração, vi que o Espírito estava em mim, e me vi como consciência e que tinha uma função, aquilo me deixou atônito, e fui buscando só crescer no entendimento. O que chamou mais a minha atenção foram os acontecimentos em geral, desde a morte da Luana até esses dias com as coisas que aconteceram no nosso meio. O que me chamou atenção foi me ver como consciência e enxergar e sentir o espírito de Deus dentro de mim, foram muitos pontos que me chamaram atenção e vi que este é o verdadeiro evangelho de Cristo.

Por todos os irmãos

Obs: relatos do start de cada irmão que chamou a atenção para o propósito de Deus ter nos criado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × três =