Guardar no coração

Não podemos guardar em nossos corações coisas ruins que aconteceram ao longo da nossa vida, por isso se diz que a consciência é indestrutível, pois ela pode se regenerar de tempos em tempos e guardar apenas sentimentos bons, que a deixa saudável. Por mais que as coisas tenham nos machucado, devemos seguir em frente e nos regenerar, o estado da nossa consciência depende exclusivamente de nós, os tormentos que temos são causados pela carne, precisamos nos desligar dela, e nos ligarmos no espírito, assim a paz será eterna sobre nós. Este é o processo que deve ocorrer dentro de cada consciência, o primeiro império, carnal, deve ser derrubado, para que estabeleça o segundo império, o espiritual.

O propósito de Deus é perfeito, de uma sabedoria ímpar, e ao mesmo tempo é tão simples, que até uma criança entende. Deus com a sabedoria que tem jamais montaria um propósito impossível de entender e de realizar, a consciência que se inclina a Ele, entenderá tudo, e dependerá exclusivamente dela o caminhar, devemos tirar a carne do trono e assumir o espírito, ele nos dará a vida, e fará nos sentirmos vivos neste mundo, onde tudo é momentâneo. Estamos aqui de passagem, só nascemos neste mundo por causa da consciência que produzimos como criação, mas a consciência produzida e madura deve ser colhida para o bem do espírito, só assim prosseguiremos com a vida. Este fruto, a consciência, deve estar perfeito para a colheita, porém, não vemos nenhum fruto bom, mas devo cuidar do meu fruto, para que seja desejável e saudável ao meu senhor. Por isso não devo guardar nada deste mundo dentro do meu coração, mas o meu coração deve estar cheio da graça de Deus, pois só pelo espírito terei a minha salvação.

 

Somando as luzes

Kátia e Arthur

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =

Categorias

Postagens Rescentes