Histórias e histórias (Davi)

Um homem que se casa com mais de uma mulher, mostra que não ama nenhuma delas, não podemos confundir o amor com atração física, o amor é um sentimento interno, a atração física é um sentimento externo. O verdadeiro amor é um sentimento eterno, mas a atração física é de pouca duração.

Davi era um rei que tinha várias mulheres e um dia andando pelo terraço do seu palácio, ele avistou uma mulher nua tomando banho no rio e ele a desejou e mandou busca-la e coabitou com ela e a engravidou, mas sabia que ela era mulher de Urias, um comandante do seu exército, e diante da situação provocou a morte de Urias e ficou com a sua mulher entre as suas esposas que já tinha. E o menino nasceu como mais um filho, pois ele já tinha filhos com outras mulheres, mas Deus vendo a loucura que Davi cometera, jogou uma doença no garoto para a morte, e Davi sabia que era um filho do seu desejo carnal, mas rogou a Deus dizendo que o menino não tinha culpa, e que a culpa estava nele e se Deus tivesse que castigar, teria que ser ele e não o menino, mas o sentimento de Deus era outro, e Davi lutou contra este sentimento, ficou sem comer, sem tomar banho e sem executar a sua função como rei por vários dias, ele lutava internamente entre um desejo carnal e a vontade de Deus, no que prevaleceu, é lógico, a vontade de Deus, e o menino morreu, e entre os conselheiros de Davi, escolheram um para dar esta notícia ao rei.

Mas quem se atreveria chegar diante do rei e dar tal notícia? Pois os conselheiros pensavam: se com o filho doente o rei já está arrasado, imagine quando souber que o menino morreu? Mas o sorteado entre os conselheiros foi lá e deu a tal notícia ao rei, já esperando uma reação violenta do rei por tal notícia, mas dada a notícia, o rei ordenou que preparasse o seu banho, vestiu-se com as suas vestimentas de rei, entrou em sua sala, comeu e começou a despachar, como se nada tivesse acontecido. No que, os conselheiros ficaram surpresos pela reação de Davi, e lhe perguntaram: ó rei, se com a doença do seu filho você já estava arrasado, por que com a sua morte o senhor não se importou? No que o rei respondeu: o erro não estava no menino, mas estava em mim, porque eu coloquei um desejo do meu coração a frente da vontade de Deus, e Deus corrigiu este erro em mim, prevalecendo a vontade Dele e não o desejo do meu coração. Quem é capaz de entender este sentimento de Davi?

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × cinco =