Histórias e histórias (Rebeca)

Nas escrituras temos várias histórias interessantes e eu gosto de analisar o momento e os sentimentos da história. Rebeca, por exemplo, nasceu na família de Petuel e teve o seu irmão Labão, nasceu, cresceu na sua família, com certeza, brincava com seu irmão quando criança, com as suas amigas, levava uma vida normal como qualquer menina de qualquer família. Com certeza, criou laços com a sua família, com suas amigas, com suas coisas, levava uma vida normal de uma moça, e quando já era uma moça feita, como de costume naquela época, as moças tiravam água de um poço para abastecer suas casas, com certeza, Rebeca e suas amigas se divertiam na hora de tirar a água, conversavam de suas vidas, de seus relacionamentos.

Em um certo dia, antes da hora do almoço, apareceu um desconhecido e pediu água para as moças, e Rebeca correndo trouxe o seu cantil e deu para o homem beber, e tirou mais água e deu aos seus camelos, e o homem lhe disse: qual é a tua família? Ela respondeu: eu sou filha de Petuel, filho de Arã, e Arã era da família de Abraão, no que o homem viu que Rebeca era parente de Abraão, e ele trouxe presentes a Rebeca, mesmo não a conhecendo, e disse que estava ali para arrumar uma donzela que casasse com Isaque, que era filho de Abraão, e até lhe contou o acordo que fez com Deus, dizendo: eu vou pedir água para aquelas moças, e a moça que vier e me der água e água aos meus animais, essa é a moça que Deus escolheu para o meu Senhor. E ouvindo isto, Rebeca ficou toda eufórica, e correu a sua casa com os presentes em suas mãos, e disse ao seu pai, a sua mãe e ao seu irmão Labão a história do homem que encontrou na boca do poço. Labão, o seu irmão, correu até ao poço para conhecer esse homem e trouxe a sua casa, chegando lá o homem repetiu toda história de que viera buscar uma moça para se casar com o filho do seu Senhor.

É neste ponto que está todo lance da história, Rebeca nasceu, cresceu, viveu ao lado da sua família até então, e no caso, iria embora para nunca mais voltar, e ela aceitou se casar com Isaque mesmo não o conhecendo. No que, a mãe de Rebeca disse ao homem: deixe a moça ficar aqui em casa uns dez dias pelo menos para nos despedirmos. E o homem disse: chama a moça e pergunta o que ela quer. Aí chamaram Rebeca, e lhe fizeram a proposta; você quer ir com este homem agora, ou quer ficar uns dez dias para se despedir de nós, e depois ir. Rebeca disse: não, eu irei agora, e virou as costas para tudo e seguiu o servo de Abraão, mesmo não conhecendo nada. Parece simples esta decisão quando não é com a gente, mas se coloque no lugar de Rebeca e vire as costas para este mundo para se casar com o filho da promessa, mesmo não o conhecendo?

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + vinte =