Justiça

Eu acredito que o céu é um lugar de consciências justas, consciências que realizaram o propósito de Deus nelas, consciências que passaram pelo deserto, pelos ardores dos desejos, pela fornalha, consciências que dormiram com leões, que mataram o próprio filho, que passaram pelo caminho do gólgota, porque se lá no céu entrar qualquer um, será igual aqui, consciências podres, maléficas, egoístas, avarentas, lascivas, ciumentas, iradas.

Os profetas disseram que temos que passar por uma purificação, que purificação deve ser esta? A tua consciência pode me dizer que purificação é esta? Na lei está escrito que enquanto a carne estiver na consciência por qualquer motivo, o espírito de Deus não se estabelece nela. Paulo enumerou vários sentimentos como sendo da carne e disse que quem tem estes sentimentos não herda o reino de Deus, pois está ligado a carne, mas como tirar estes sentimentos da consciência? Cada uma está ligada numa coisa da carne, uma é no filho, a outra no ciúme, a outra é na lascívia, a outra na ira, a outra é num monte de coisas, tudo que está ligado a carne. Daí você pode me dizer: mas assim não vai salvar ninguém! E eu te respondo: assim não vai salvar ninguém, porque no céu só entra consciências puras e se uma coisa para você não é tanto faz, é porque a tua consciência está ligada nela, e se está ligada a alguma coisa da carne, não herda o reino de Deus.

Agora como a tua consciência vai se desligar da carne pelos sentimentos, não sei, eu conheço a minha consciência e o que a minha consciência busca é a vida eterna do espírito, tenho o espírito como primordial na minha consciência e sigo todas as instruções que ele me passa, a minha vida eterna é uma coisa muito forte dentro de mim e se eu tiver que ir embora e viver sozinho pela minha vida eterna, não vejo problema nisso, quando tenho que cortar uma pessoa, corto imediatamente, para mim a pessoa morreu para sempre, a elimino da minha consciência, não digo que não vou me lembrar dela, pois isso é próprio da consciência, mas não sinto mais nada pela pessoa, para mim a pessoa morreu, pois um dia sei que a minha consciência vai se desligar de tudo deste mundo, de tudo que existe aqui, de pessoas, de bens materiais, de tudo, não vou levar absolutamente nada daqui, já escrevi até um texto que diz: o prazer de não ter nada. Eu tenho prazer em não ter nada, tenho prazer na morte carnal, tenho prazer nos desafios dessa vida do mundo, como meu irmão Jesus disse: neste mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci a etapa deste mundo. Eu tenho em minha mente apenas a vida eterna do espírito, o resto para mim é tudo resto, ninguém neste mundo vai me colocar na vida eterna, só o espírito que desceu do céu e está me dando a vida, este é o único que pode dar vida eterna a minha alma, o resto vou levando com a barriga, até chegar o dia da minha partida neste mundo e entrar na minha glória eterna.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + nove =

Categorias

Postagens Rescentes