Mão divina

As mãos que me corrigem são as mesmas que me afagam, que me mostram que a direção é o Deus de Abraão! Aquele que fala aos meus ouvidos o que preciso ouvir, Ele que satisfaz minha alma do saber. Senhor, teu cajado me consola, tuas palavras me são como mel, o teu intuito sempre foi me alinhar, para ser um guerreiro lá do céu. Me tenha em tuas mãos Senhor, para que meus olhos permaneçam fixados no horizonte, para que eu enxergue muito além dos montes! Que o teu entendimento e sabedoria sejam minha companhia a todo instante! Que a força de vencer, seja maior do que qualquer obstáculo que eu venha passar, pois sei que tuas mãos estás a me guiar, e meu sono na noite a velar. Senhor do céu, que eu retenha em meu coração somente a Tua lei, para que meus passos sigam firmes, constantes na direção ao céu! Que o Senhor faça o trabalho interno em mim, e tire tudo que não é do teu querer! Que minha alma seja límpida, para somente, somente tua face em minha consciência transparecer! Que ao abrir de minha boca Senhor, tenha somente palavras para edificação, que não tenha conversas paralelas que tirem o foco da salvação! Pois sei que a força da potestade age a todo momento, nessas horas tem que se elevar, estar concentrado, ter a sabedoria ao lado, senão, você vem a tropeçar, e pode até nunca mais levantar!

Por Ítalo Reis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =

Categorias

Postagens Rescentes