Mentira

Como devemos enfrentar um problema? A primeira coisa básica é não mentindo dentro do problema, se não o que já estava ruim se torna péssimo, pois a mentira não resolve, só piora. Quando uma pessoa tem o hábito de mentir, ou de omitir a verdade para se safar de um problema, a coisa fica bem pior depois que se descobre a mentira pela segunda vez. Na primeira vez a pessoa já perde a confiança, a gente já se acostuma a viver no meio da mentira, pior foi o que o profeta disse: a tua casa está no meio do engano e pelo engano recusa a me conhecer, diz o Senhor. Mas como arrancar a verdade de uma consciência que já tem o hábito de mentir?

Nós estamos dentro de um propósito e a meta deste propósito é a vida eterna do espírito, se a vida eterna do espírito não te interessa é tolice andar por este caminho, pois pela mentira ninguém chega ao céu. Se os prazeres da tua consciência estão na carne é tolice se enganar, pois para a tua consciência chegar a vida eterna, ela precisa estar totalmente desligada da carne, o que conta aqui é a ligação e não o que você faz. Mentir é a arma do diabo para te enganar julgando que o espírito não está vendo. Eu sei que todas as consciências têm esta sensação de que o espírito não está vendo, pois quem trairia o espírito na frente dele? O espírito não fala nada, mas enxerga tudo que você faz, pois ele vê a tua consciência por dentro e sabe até o que a tua consciência está pensando ou tramando, mas as consciências não têm esta sensação por dentro, mas só por fora.

As consciências vivem pelo lado de fora e nenhuma vive do lado de dentro, do lado de fora é a carne, do lado de dentro é o espírito. O reino de Deus está do lado de dentro, mas quando a consciência for ver isto, cairá nas trevas eterna do esquecimento.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 1 =

Categorias

Postagens Rescentes