Nunca espere de uma pessoa, aquilo que ela não pode te oferecer

Como esperar a alegria de uma pessoa triste? A risada será falsa, um sorriso amarelo sem sentimento verdadeiro. Como esperar o amor de uma pessoa interesseira? Será um amor falso, hipócrita, sem sentimento, nunca fique de costas para um amigo traíra, pois ele pode te apunhalar, pois os sentimentos dele são estes, nunca confie numa pessoa avarenta, pois o amor dela é o dinheiro, como Paulo disse destes escroques, pastores e padres do diabo, que eles têm aparência de piedade, mas negam a eficácia dela. Neste mundo devemos esperar por tudo, até pela morte que está no caminho da carne, por isso Deus nos sugestionou o espírito, pois nele está a vida e olha o que Deus disse desse espírito: eis que Eu vos assentei uma pedra preciosa, uma pedra de esquina e bem fundada, e aquele que crer nela não será confundido. Deus colocou toda a sua confiança neste espírito que já nos dá a vida e até disse assim dele: eis que Eu envio meu anjo, que nos guardará neste caminho, que é enquanto estamos passando por este mundo e ele nos trará até este lugar que Eu vos tenho preparado, que é o céu. Basta as nossas consciências confiarem neste espírito, se entregar a ele, que o mais tudo ele fará. Está escrito: maldito o Homem que confia no Homem e faz da carne o seu braço, e bendito o varão que confia no Senhor e cuja sua esperança é o Senhor.

Isto tudo já está dentro de nós, a carne, o espírito e a consciência, basta a consciência enxergar e escolher o caminho que ela quer andar, se pela carne ou se pelo espírito, se a consciência escolher andar pela carne, deve saber que não vai muito longe com ela e o fim será o vazio eterno, mas a consciência que escolher andar pelo espírito, voltará com ele a Deus e lá no plano do céu terá a vida eterna dela. Isto é uma verdade, o problema é como colocar o sentimento desta verdade dentro das consciências, elas andam por outro caminho e criam fantasias de salvação para a carne, julgando que o espírito deixará de viver para si mesmo para dar vida a carne, esquecendo que o espírito também é uma existência, como Paulo disse: se há corpo animal, há também corpo espiritual, mas se é o espírito que nos dá vida, porque tivemos que vir na carne? Simplesmente por causa da consciência que a carne produz, mas uma vez a consciência produzida e madura, a carne não serve para mais nada, só para jogar a tua consciência nos infernos.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 16 =

Categorias

Postagens Rescentes