O meu talento

Eu não sei poetizar, muito menos rimar

Mas o meu talento é raciocinar

Eu não me ligo nos pensamentos

Mas o meu forte é o discernimento

 

Eu descobri o caminho da vida

E sei onde quero chegar

Vai chegar o dia da minha despedida

E sei, lá no céu, com quem vou me encontrar

 

Hoje estou indo para a minha terra prometida

E sei por qual caminho andar

O meu senhor é quem me guia

Por isso sei que não vou errar

 

O caminho é árduo

Mas sei que vou chegar

O meu senhor sempre está ligado

Por isso não devo me preocupar

 

Nada neste deserto tem me faltado

Água, maná e muito cuidado

Ando com a paz no meu coração

Pois o meu Senhor sempre está ao meu lado, segurando minhas mãos

 

Escrevo muito para deixar um legado

E quem passar por este caminho

Verá minhas pegadas

Pois eu vejo também as pegadas de Abraão

 

Rebeca também passou por este caminho

Vejo o servo de Abraão a levando por sua mão

E hoje também levo com muito amor

Todos os meus irmãos

 

Não obrigo ninguém a andar por ele

Mas quem andar, o senhor, deve respeitar

Pois ele é a nossa vida eterna

E não devemos o desprezar

 

O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 19 =