O outro

A vida nos ensina tudo que devemos saber para estarmos na próxima etapa da vida, acontece que as consciências só aprendem com uma outra realidade mais amena, que não precisa passar por nenhuma metamorfose existencial dentro dela. Já foi falado de dois caminhos, um apertado e outro largo, acontece que as consciências escolheram o caminho largo, mas não estão vendo o vazio eterno depois. Por isso foi dito que poucos entrariam pela porta estreita, pois as consciências nem pensam em passar por aflições e mesmo assim passam e não se importam com as correções da vida, são como aquelas mulherinhas que Paulo disse: aprendem sempre, mas nunca chegam ao conhecimento da verdade, passam a vida inteira se lamentando e não compreendem a razão da vida.

Tudo claro às nossas vistas, uma grandeza imensurável a nossa frente e todas andam pelo caminho da tragédia eterna, pior, tem certeza da morte carnal, só não se sabe o porquê vão atrás da carne até o caixão, e ignoram o espírito da vida que já está dentro de cada uma delas, e nem falando, buscam o espírito para se identificarem com ele, mas todas as consciências são extremamente ligadas e voltadas para a carne. Algumas até que falam do espírito, mas me parece que é só por descarrego de consciência, mas dá para ver que são carnais, pois todos os projetos e ambições da vida estão na carne, e não tem quem tira isto de dentro delas, já é uma coisa impregnada, vulcanizada. Parece até que já nasceram com isto dentro delas, as ambições deste mundo, tudo aqui do mundo fascina as consciências, são infinitas coisas ao mesmo tempo. Para as crianças então, é um bombardeio de atrações a todo instante, a mídia ganha verdadeiras fortunas em cima disso, em como enganar os baixinhos, e mesmo para os adultos não faltam atrações, de modo, que ninguém tem o menor tempo para o propósito do Criador-Deus.

O espírito então, ninguém nem sabe que existe e que já é ele quem nos dá a vida, não estão nem dentro da lei que diz: seis dias trabalharás e farás neles todas as suas obras, mas o sétimo dia é o do Senhor, pois este seria o dia de nos identificarmos com o espírito de Deus, mas quando supostamente vão às igrejas, ainda é para pedir coisas para a carne. Ninguém chega diante do Criador-Deus para saber o porquê Ele nos criou, não sabem nem o que produzem como criação, muito menos para que serve. Todo o propósito de Deus se resumiu nesta vida provisória da carne, e a vida eterna parece que tem que vir no pacote, ninguém faz absolutamente nada para chegar a vida eterna do espírito, alguns não falam nada, mas nós vemos que todas as pretensões da consciência estão na carne, as atitudes, as determinações, as decisões, tudo é em prol da carne, e eu, como sempre digo, fico aqui sozinho falando com as paredes.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 6 =

Categorias

Postagens Rescentes