O que lhe falta?

Nada está em oculto para quem quer enxergar, a vida acena o tempo todo, na esperança de que seja vista, não há nada que lhe sirva de consolo, senão a consciência, sua outra metade, sua simetria. É preciso ouvir os céus, aquietar a terra, para rasgar o véu, uma luta interna, deixar minha consciência limpa é o trabalho a ser feito para o Espírito habitar nela, pois deixar o que é vil fez eu ver por mim mesma a grandeza que estou dentro. Eu luto ao lado da vida e mesmo estando neste deserto ouço a voz do bom vento soprando em meus ouvidos as boas novas lá de cima, que alimenta a minha alma e renova as minhas forças, isto é a mais pura verdade extraída do leite racional, a coisa é nítida, contemplada, com fundamento, não tem eu acho, nem opinião, é a verdade do que é, é a nossa razão. Curar a visão é um milagre fantástico da vida, mas curar a alma é o extremo do crer no senhor, é o máximo da própria determinação!

É fundamental ser como um habilidoso jardineiro, que sabe distinguir as plantas que nutrem das que só roubam os alimentos do solo, no qual suas sementes são espalhadas com o vento, o que é mal floresce com facilidade, por isso há de ter cuidado. O propósito de Deus me oferece uma eternidade com vida, mas depende de minha decisão unilateral em favor do espírito, porém, buscam desculpas para seguirem pela correnteza, são tantas as justificativas para coisas tão pequenas, por que não ser sincero e falar sempre a verdade do coração? Enxergar-se e refletir o que há em ti, parar de ver o exterior e ampliar a tenda de sua alma, pois não tem coisa mais simples e fácil neste mundo do que corrigir os outros, mas é impossível corrigir a si mesmo. ‌O tempo está acabando, e as manchas do corpo mostram que esta carne já está apodrecendo, quanto tempo ainda falta para a metamorfose ocorrer em seu interno? Morra antes de morrer, porque morreu, não haverá mais chance, e sabemos que será uma eternidade em um vazio com tristeza e ranger de dentes, o que lhe falta para mudar?

 

Por todos os irmãos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + 7 =