O que me inspira a escrever

A vida verdadeira começa depois da morte da carne, esta vida temporária da carne é pura ilusão. Viemos aqui só por conta de um propósito, depois que formos embora nunca mais voltaremos. Quem sabe de fato o que veio fazer neste mundo? Quem pode me dizer para que eu acredite? Quem fala pelo raciocínio lógico, sem ter que acreditar em absurdos? Quem sabe das três fases da vida e de como passar de uma fase a outra? Quem sabe em que fase estamos? Quais são as três peças que montam o propósito de Deus?

São estas coisas que me inspiram a escrever, falar da razão da vida, do porquê estamos aqui neste mundo, estamos passando por um caminho que nunca passamos antes, e tudo que nos acontece é novidade, e conforme as coisas vão acontecendo vamos vendo o que fazer. Um erro aqui, não consegue se desligar ali, um leva um tropeção, e vamos juntos vendo o que fazer. Não podemos parar de andar no caminho da vida, não existe ninguém atrasado e nem adiantado no caminho da vida, mas estamos todos juntos no mesmo lugar. Convidamos a todos que queiram a andar conosco, o nosso destino é a terra prometida por Deus. É um caminho pelo meio do deserto, muito calor, muitos ardores, o sol queima o rosto, mas estamos aí, felizes esperando a hora de chegar, vamos ganhar uma vida eterna por isso. Alguns irmãos, pela idade, ainda veem que tem muito que caminhar, mas eu, na minha terceira idade, vejo que já estou perto de chegar, e assim vamos todos contentes rumo ao nosso lugar, mais um pouco e o que há de ser será.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =

Categorias

Postagens Rescentes