O que os profetas de Deus passaram

Nunca deixei de falar do propósito da vida e enquanto viver, nunca deixarei de falar, ou escrevendo, ou destrinchando temas, mas sempre vou falar sobre este assunto. Não me importo com o que falam de mim, ou o que pensam de mim, mas nunca vão tirar da minha boca a palavra de Deus.

Muitos profetas morreram por esta palavra, o tempo todo as pessoas diziam que Jesus tinha demônio, cortaram a cabeça de João, o batista, apedrejaram Estevão, e hoje já falo do propósito de Deus há muitos anos, já fui esculachado muitas vezes, taxado de cada coisa até indecente de falar, mas que dia a palavra de Deus foi tirada da minha boca? Parece que quanto mais querem me derrubar, mais forte me sinto no espírito de Deus. Eu mesmo gosto de ser provado, testado, moldado para o bem de Deus, se o ouro não passar pelo fogo, não é puro, se as impurezas não saírem, ele perde o seu valor. O desligamento da carne é quando a consciência não se importar com mais nada da carne, mas enquanto a consciência estiver se importando com o que falam dela na carne é porque ela está ligada à carne. Por exemplo, a tua consciência ficaria zangada se eu falasse mal do Venceslau? Mas se eu falar mal da sua pessoa, é claro que ela vai se incomodar, neste caso, se a tua pessoa não é mais a carne, por que a tua consciência vai se incomodar? Eu só posso me ofender e me incomodar se alguém falar da minha pessoa, a carne não presta para nada fora das funções dela, ela é como um copo descartável, usou, joga fora. Quem se importa com um copo descartável depois de usado?

Nós temos que tratar a nossa carne como uma criação que é, e não fazer dela a pessoa da nossa consciência, a pessoa da nossa consciência deve ser o espírito de Deus. Devemos passar por uma metamorfose existencial dentro da nossa consciência, deixar a pessoa da carne e assumir a pessoa do espírito, um novo ser que não tem absolutamente nada a ver com o ser da carne, devemos nos desligar por completo da carne, este é o plano. Que tal começar a perdermos os sentimentos do que falam de nós na carne?

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × cinco =

Categorias

Postagens Rescentes