O sentido da vida

Difícil mostrar e colocar o entendimento dentro de uma consciência mesmo que seja para o bem de si mesma na carne, e tudo que cria e descobre é para o bem da carne. Nenhuma consciência tem a visão de Deus, do porquê Ele criou todas as coisas, o que o ser humano produz como criação que interessa ao propósito de Deus. Jamais uma consciência imagina que tem que passar por uma metamorfose existencial dentro dela para estar na próxima etapa da vida, jamais uma consciência imagina se ver fora desse corpo carnal, inclusive ela pensa que é este corpo carnal, a consciência não se vê como fruto da criação humana, mas ela se ligou tanto a carne que vulcanizou com a carne, daí eu venho dizendo que ela deve se desligar da carne e se ligar no espírito pela vida eterna dela, isso é o mesmo que jogar sal nos olhos, elas não querem nem ouvir o que você tem para falar. Jesus disse que até te matarão cuidando com isso fazer um serviço a Deus. Ninguém defende o espírito ou a consciência, mas a carne, até morrem por ela, é só você falar qualquer coisa contra a carne, que os advogados dela se levantam contra você. Você pode até falar mal de Deus, do espírito de Deus, do céu, que as consciências não reagem, mas falou mal daquele pedaço de barro da apodrecida que nem existiu, todos caem de porrada em cima de você. Eles dizem que é a mãezinha deles, a inteligência deles só pode mesmo ter saído daquele pedaço de barro oco. Não pode haver maior pecado e abominação contra Deus do que idolatrar um pedaço de barro oco que nem existiu.

O primeiro mandamento já condena qualquer imagem de escultura do que se acha que está no céu, na Terra ou do que está nas águas debaixo da terra, lá se diz: não te encurvarás a elas e nem adorarás, mas os mentecaptos fazem exatamente o que Deus abomina. Como falar para uma consciência dessa do propósito de Deus? Jesus disse que este evangelho do reino será pregado a todas as gentes para testemunho e não que salvará alguém, e eu estou na expectativa de como Deus fará isto, porque até hoje eu falo do propósito de Deus e não chamou atenção de ninguém nem para testemunhar, até agora nem mesmo as profecias chamam atenção de ninguém para o propósito da vida, quando morre alguém da família, geralmente quem fica vivo da família diz que a vida perdeu o sentido, mas será que o sentido da vida estava em quem morreu? Pensa num emaranhado, entrelaçado, embaraçado novelo de linhas? É assim que eu defino cada consciência, não tem nem por onde começar, ela vai se metendo em coisas erradas, relacionamentos mal resolvidos, nem termina um já começa outro e quando vê já está num beco sem saída, e a linha de raciocínio dela é toda distorcida, emaranhada, e quanto mais ela pensa que está saindo, mais ela está se enrolando, mente até para se livrar de um problema, e se complica cada vez mais. São de pessoas assim que devemos nos desligar, quanto mais longe melhor, e em se tratando do propósito de Deus ainda, na lei está escrito: com os tais nem ainda comais. Isto é uma alegoria, que quer dizer, não participeis dos seus pecados, pois como pode você comer na mesa de Deus e dos demônios ao mesmo tempo? A tua consciência deve se decidir entre Deus e o diabo, entre os filhos de Deus e os filhos do diabo, a tua consciência sabe o que é desligar, abster-se, perder o contato, eliminar? É isto que ela deve fazer com este mundo e com os filhos dele, se alimpar, se purificar e não se lamiar.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =

Categorias

Postagens Rescentes