O sentido da vida

Nós estamos neste mundo por um propósito e esta vida que temos aqui no mundo pela carne é provisória dentro deste propósito, viemos aqui só para executarmos este propósito e chegarmos a vida eterna do espírito. Trata-se de uma metamorfose, isto é, viemos a este mundo por causa da consciência que produzimos, só que esta consciência foi produzida pelo nosso corpo carnal, que se trata de uma criação destinada a isto.

A consciência é como um fruto natural do ser humano, e como um fruto, a consciência está ligada a esta carne, que é o pé desse fruto, e quando esse fruto amadurece, devemos colhe-lo da carne para o proveito eterno do espírito, mas isso não se faz com a mão, mas é um processo interno, dentro de cada consciência, isto é, ela deve se desligar da carne que a produziu e se ligar no espírito de Deus pela vida eterna, que é a conclusão do propósito de Deus. Nós estamos neste mundo só por conta disso, não viemos aqui para outra coisa, acontece que as consciências não praticaram esta troca de existência e permaneceram ligadas a carne, e o pior é que tudo que a consciência quer, está na carne, e ela não quer absolutamente nada com o espírito, ou seja, uma hora como já está escrito na lei, o espírito voltará a Deus e este corpo carnal morrerá e será enterrado num buraco desse mundo, a questão agora é a consciência, para onde que ela vai, pois ela nem voltou com o espírito a Deus, porque não praticou o propósito de Deus nela e nem ficou com a carne que morreu, neste caso só lhe restará o vazio eterno, o que chamamos de inferno.

O propósito do Criador Deus tem três fases, isto é, três etapas, a saber; a etapa de espermatozóide que já passamos, a etapa humana em que estamos e a etapa espiritual lá a frente. Trata-se de três fases, duas inseminações, duas gestações e dois nascimentos, como Paulo disse: se o nosso nascimento para aquilo que é transitório, que foi na carne, já foi glorioso, de quanto maior glória será o nosso nascimento para aquilo que é eterno, que é no espírito? Só que Jesus disse: aquele que não nascer no espírito não herda o reino de Deus. Paulo disse: carne e sangue não herdam o reino de Deus. Ou a nossa consciência faz a troca das existências agora, a carne pelo espírito, ou ela amargará uma eternidade no vazio, pode ter certeza disso. Na lei diz: enquanto a carne estiver de pé na consciência, o espírito não estabelece nela. É um trabalho minucioso, perigoso e árduo, este é o sentido da vida.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − um =

Categorias

Postagens Rescentes