Os filhos de Deus

Eu já vivo neste mundo sessenta e sete anos, há quarenta anos eu cheguei ao pleno conhecimento do propósito de Deus, mas desde os meus oito anos de idade, eu busquei a minha razão de existir. No começo, quando descobri a razão da vida, julgava que era só falar que as consciências entenderiam, depois de vários anos quebrei a cara, vi que o propósito de Deus é impossível de alguém chegar ao seu conhecimento, e mesmo sendo um raciocínio muito simples de entender, as consciências não querem chegar a este conhecimento, porque elas notam que o propósito de Deus as tiram do que querem na carne.

As consciências foram produzidas pela carne e são extremamente ligadas a carne, e nada do que se possa falar as tiram disso. Os desejos e prazeres da carne falam muito mais alto dentro de uma consciência do que o propósito da vida, eu só não digo que o propósito de Deus é irrealizável, porque alguns, bem poucos, conseguiram, mas como o profeta Jeremias disse; é um ou dois de cada geração. Eu costumo dizer que é tão raro, mas tão raro que até hoje só se falam de Jesus. Jesus não é o salvador como todas as religiões pregam, mas ele foi um homem comum, como todos nós, apenas realizou o propósito de Deus nele e nos serve de exemplo, ele nasceu como todos nós, filho de José e Maria, mas se diz que desde criança o Espírito de Deus crescia nele e a graça de Deus estava sobre ele, mas somente com trinta anos de idade, o Espírito de Deus se apoderou da consciência dele, e ele passou a andar pelo Espírito cem por cento.

Não existe nenhuma citação na bíblia de quando Jesus era criança, salvo no livro de Lucas que fez uma pequena citação, mas Lucas é conhecido como livro das mulheres, porque ele não conheceu Jesus, mas buscou as mulheres que eram mais próximas de Jesus para saber da vida dele. Inclusive Lucas, Mateus e Paulo disseram que a genealogia de Jesus segundo a carne era por José, mas segundo o Espírito ele era filho de Deus. Ele mesmo disse a Nicodemos: aquele que não nascer do Espírito, não entra no reino de Deus. E salientou: o que é nascido da carne é carne e o que é nascido do Espírito é Espírito. Paulo disse: todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, estes são os filhos de Deus. Paulo não disse que só Jesus era o filho de Deus, mas todos que andarem pelo Espírito de Deus. Davi também ouviu de Deus: tu és meu filho, Eu hoje te gerei. Em gênesis também está escrito: e viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas e tomaram para si a todas que escolheram. Moisés não se refere a um único filho de Deus, mas disse os filhos de Deus, no plural.

Eu descobri o propósito de Deus e falo a quem me ouvir, primeiro que ninguém quer me ouvir, segundo que o propósito de Deus não interessa as consciências porque as tiram da carne, e terceiro, porque mesmo aquelas consciências que me ouvem falar do propósito de Deus, não conseguem se desvencilhar da carne, e eu fico aqui como o profeta Isaías disse: uma voz que clama no deserto; eu costumo dizer: falando com as paredes.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 3 =