Raça inferior

Tem coisas nesta vida que me deixa sem palavras, como que; porque ninguém neste mundo busca o Criador-Deus para saber o porquê Ele nos criou, uma vez que estamos neste mundo só por conta disso?

Ninguém se interessa pela razão de existir, não se importam, não buscam e se você vai falar, não querem te ouvir. Eu fico perdido no meio dessa gente, um povo louco e ignorante, como podemos qualificar um ser que produz uma grandeza tão imensurável e a joga no lixo eterno? Uma grandeza que poderia gerar um ser eterno e viver por ele eternamente lá no plano do céu. Só para se ter uma ideia, o Criador criou o universo só pelo que o ser humano produz, e se você perguntar nenhum ser humano sabe o que produz como criação, e os que sabem foi porque eu falei, e mesmo assim não preparam o que produziram para o bem do Criador. Comeram do fruto, e estão aqui do lado de fora do jardim do Criador tentando se acertarem, mas estão com muita dificuldade de deixar os sentimentos carnais. Eu tento ajuda-los com palavras de incentivos, mostrando o que eles vão perder por causa disso, mas parece que eles não têm forças para saírem do poder da carne.

O ser humano produz a consciência como criação, mas é essa consciência que não consegue se desvencilhar da carne que a produziu, é o tempo todo indo atrás das coisas da carne, e o espírito que o Criador nos assentou pela vida, fica ignorado dentro dela. Ele que seria a vida eterna das consciências lá no plano do céu, ficou sem função dentro delas, só mesmo o de dar a vida. Nenhuma consciência percebe que o espírito também é uma existência e pode se fazer um corpo com a consciência. Na verdade, consciência nenhuma se vê fora do corpo carnal, inclusive todas elas pensam que só existe este corpo carnal e que fora dele não são nada. Muitas consciências pensam até que vão entrar no plano do céu pela carne, pensam até que vão morrer, enterrar, se decompor e depois de muito tempo, vão se refazer no mesmo corpo carnal, sair dos túmulos e voltar à vida novamente, eu não sei nem o que falar diante de tal brutalidade no entendimento. Era um espermatozoide, se transformou em um ser humano, morreu, passou anos debaixo da terra, o corpo se desfez e depois se fez novamente e voltou a viver de novo. De onde o mentecapto tirou este raciocínio absurdo? Eu vim a este mundo, mas outro já veio aqui antes de mim e já fez o que eu deveria fazer e não preciso fazer nada. Eu só posso estar no lugar errado, acho que caí em um outro mundo, vim parar num mundo muito atrasado, numa raça inferior. As pessoas aqui não raciocinam, comem merda e só andam de cara feia. Aqui ninguém sabe o porquê existe, todos andam como os animais irracionais. Acredito que o meu Pai tenha me mandado aqui neste mundo para falar da consciência que o ser humano produz, pois aqui ninguém sabe disso, aqui todos produzem a consciência, mas a jogam no vazio eterno, e ninguém quer me ouvir, acho que o meu Pai me mandou no lugar errado. Desde que produzi a minha consciência eu raciocino, porque consciência nenhuma faz o mesmo?

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − dois =