Renascer das cinzas

Tornar lá atrás, desejar derrubar o pó, e ver toda aquela barreira caída ao chão, sabe aquele muro que você instalou em você? É este mesmo que te impede de caminhar, e não deixa seus olhos enxergarem do outro lado. Por isso se faz necessário a busca incansavelmente dentro de si mesmo, se auto reconhecer e ver aonde você se encontra de verdade. Voltar lá atrás pode ser como uma antiga sentença, mas veja como uma oportunidade de se redimir consigo mesmo, de derrubar aquele império que você construiu e que se fez presente por longo tempo dentro de você. É naquele momento de determinação que dá um start dentro de si mesmo, que assim tudo verás caindo ao chão e junto todos aqueles seus sentimentos mesquinhos sendo dissipados, e aquele ardor de condenação que carregava contigo sendo absolvido. Este é o verdadeiro renascer das cinzas, derrubar todo aquele império que dantes reinava em sua casa, e edificar a morada divina, se sentir livre das amarras, e ver tudo lá de cima, desejar verdadeiramente a transformação da água para o vinho. Você já imaginou não temer mal algum? Não se intimidar com os ventos tempestuosos que virão sobre sua casa, e você estará ali firme mesmo em meio aos destroços, e esta coragem vem de ti mesmo ancorado junto ao senhor, pois aquele que cuida de você está ao seu lado, ele que nos cura das feridas e dos males. Um pequeno lembrete: a força do querer vem de cada um, de querer ultrapassar as barreiras, as fronteiras que não querem deixar você sair do chão, para se elevar tem que ter força e para destruir tudo tem que haver determinação! O renascer começa lá atrás no fundo de cada coração!

Por Ítalo Reis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × um =

Categorias

Postagens Rescentes