Se ver de verdade

Temos que nos ver de verdade, saber onde estamos, dentro do que estamos e não brincarmos com o propósito da vida que é tão sério, afinal de contas estamos neste mundo só por isso. Somos como um espelho, mas devemos refletir a nós mesmos, quem sabe o que esconde no abissal do coração se não for atrás? Um passo de cada vez, sempre com os pés no chão, ouvindo o senhor que nos guia neste caminho, para tirarmos toda mancha de nosso coração. Ter uma consciência pura, sem má intenção, mas ter no coração apenas o querer de realizar a vontade de Deus. Estamos neste mundo só pela vontade Dele, pela necessidade que Deus tem de ser manifestado, mas para o manifestarmos, o refletirmos, temos que nos refletir primeiro, nos enxergar e termos a compreensão para prosseguirmos no caminho do entendimento.

Um trilhar inverso, a todo momento uma nova paisagem, quem somos depois da curva? Esta é a pergunta, e a resposta só se encontra se caminharmos. Pode parecer difícil, mas é um caminho muito prazeroso para a alma, traz paz e calmaria, e preenche nosso peito com sabedoria. Por isso é necessário todo este processo dentro de cada consciência, termos o discernimento para não misturarmos o que para Deus foi montado com muita destreza. A sabedoria divina é grandiosa e ao mesmo tempo muito simples, e é na simplicidade que enxergamos o tesouro da vida, é só nos voltarmos para dentro, abaixarmos nossos olhos, e buscarmos onde nunca imaginamos, nos vales desconhecidos de nosso imo. Deus moldou o firmamento, e traçou em cada estrela suas leis, o mapa da vida corre por nossas veias, e clama por nossas consciências para acorda-las, agarrar-se ao vindo do Senhor é a única forma de cumprirmos com seu propósito em nós.

 

Somando as luzes

Kátia e Luiza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + dez =

Categorias

Postagens Rescentes