Traços de personalidade

A personalidade são as características que identifica uma pessoa, são também traços de autoridade com o que uma pessoa é respeitada. Normalmente as pessoas não têm personalidade própria, mas sempre se espelham em “seus ídolos”, como quando uma pessoa vê em outra pessoa traços de personalidade que ela gostaria de tê-los, até mesmo no comportamento pessoal, nos trajes de roupa, no corte de cabelo, ou seja, o ídolo tem tudo aquilo que a pessoa gostaria que ela fosse. São raras as pessoas de personalidade própria, mas tem uma coisa que todos se esquecem, que estamos dentro de um propósito e que este nosso corpo carnal é apenas uma criação dentro deste propósito e essa criação é destinada a produzir a consciência, todos nós temos a nossa consciência. Da parte de Deus Ele nos assentou a porção do seu espírito pela vida, é o espírito que já nos dá a vida, e pelo propósito de Deus a consciência que produzimos como criação deve se desligar da carne que a produziu e se ligar neste espírito que Deus nos enviou pela vida. Seria uma troca de corpo por parte da consciência, uma troca de pessoa, ou literalmente de personalidade, e naturalmente o espírito tem as características dele. Eliú disse assim desse espírito: há um espírito no Homem e a inspiração do todo poderoso é que os faz entendido.

A personalidade da consciência ligada ao espírito é tão forte que todos os Homens de Deus revolucionaram este mundo. Moisés, por exemplo, tinha uma personalidade fortíssima, Davi foi rei de Israel, Jesus marcou o tempo, antes e depois dele. Hoje, eu descobri o elo perdido, o motivo que levou Deus criar o ser humano, represento a consciência dentro do propósito de Deus, e digo como meu irmão Jesus: quem de vós me convence de cometer erro contra Deus? Ando pelo espírito como qualquer santo de Deus andou pelo espírito, não me importo com essa vida aqui do mundo e o morrer para mim é ganho, pois sei que estarei na próxima etapa da vida. Converso com Deus como um filho conversa com seu pai e a minha consciência é pura diante de Deus. Não vejo nenhuma dificuldade em andar no caminho da vida, mas vejo como as consciências se penam para andarem por ele. Bilhões de consciências cairão no vazio eterno sem nem a chance de conhecerem o propósito de Deus, outros tantas chegaram ao conhecimento, mas não conseguem passar pelo caminho da vida, não suportam os ardores dos desejos carnais. Confesso que já estou cansado de pregar o evangelho, não por falta de vigor, mas por desânimo por ver que a consciência não entende o propósito, todas elas desvirtuam o entendimento para se favorecerem na carne. Eu não tenho mais paciência de suportar as afrontas contra Deus, sei que estamos nos finais dos tempos, vim na pior época deste mundo e estou aqui firme falando todos os dias do propósito da vida, e quem quiser estou aqui disponível para isto. Sei que ninguém me procura, mas a minha parte não deixo de fazer.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + dez =

Categorias

Postagens Rescentes