Um propósito maravilhoso

Para quem entende o propósito de Deus é maravilhoso, primeiro que nascemos neste mundo, que já é uma coisa gloriosa, crescemos, produzimos a consciência que é diretamente do interesse do Criador Deus. Deus já enviou a porção do seu espírito a cada um de nós pela vida e o papel da consciência depois de madura é conscientizar este espírito e andar por ele, isto é, a consciência deve deixar de andar pela carne que a produziu e passar a andar pelo espírito de Deus pela vida eterna dela. É uma mudança radical, uma mudança da água para o vinho como se diz, você é um ser e passa a ser outro ser, assim como a metamorfose da lagarta que se transforma numa linda borboleta. É radical, adrenalina pura, virar as costas para tudo deste mundo e receber o espírito pela mesma consciência. Basta analisarmos como Jesus transformou este mundo por esta doutrina, a consciência dele deixou literalmente o ser da carne e assumiu o ser do espírito, o ser que veio de Deus, este mesmo ser que já está em nós hoje, como Paulo disse: e se o espírito daquele que habitava em Jesus, habita em nós hoje, que habita, o mesmo espírito que ressuscitou o Cristo na consciência de Jesus, ressuscitará também o Cristo nas nossas consciências hoje.

O Cristo é o vindo de Deus, é o Deus conosco, é o senhor justiça nossa, é o príncipe da paz, é o Deus forte e o Pai da eternidade. Isaías disse que este filho seria dado a nós, isto é, nasceria de nós. Cristo não é Jesus, mas a consciência do Homem Jesus andou pelo espírito, isto é, andou por Cristo, por isso ele revolucionou o mundo, não se importou com a morte da carne e hoje está lá no reino de Deus pelo espírito e lá seremos eternos, uma vez que quem não realizar este propósito em si mesmo, uma hora sabemos que o pó, que é a carne, volta ao pó como era, o espírito que está em nós volta a Deus que o deu e o problema é a consciência que cairá no vazio eterno, e lá no vazio não terá mais o espírito de Deus para fazer esta troca de existência. Por isso foi dito: sede filhos da luz enquanto tendes a luz, para que as trevas não vos apanhem. A luz é a vida e a vida é do espírito, mas uma vez o espírito voltou a Deus, a tua consciência não pode fazer mais nada.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − quatro =