Um renascer

O sentimento do espírito elimina todos os sentimentos da carne de dentro da consciência, conforme o sentimento do espírito vai crescendo dentro da consciência, os sentimentos carnais vão desaparecendo, trata-se de um novo renascimento, um novo ser. Primeiro a consciência deve se inteirar do propósito da vida, uma vez compreendido e se inteirado do espírito de Deus, o passo seguinte é a consciência se entregar e passar a andar por ele, ela deve usar de todas as funções dela pelo espírito. A consciência está deixando a pessoa da carne e assumindo a pessoa do espírito, como eu agora que estou raciocinando pelo espírito de Deus, estou destrinchando o propósito de Deus para nós, e conforme vou destrinchando vou raciocinando pelo espírito.

Eu sei que é um trabalho árduo, trata-se de uma metamorfose existencial, como João, o batista, disse: eu não o conhecia, mas para que ele fosse manifestado vim eu, então que ele cresça por minha consciência agora e que eu na carne diminua. Trata-se de uma troca de corpo por parte da consciência, ela está deixando um corpo provisório por um corpo eterno, uma metamorfose existencial dentro da consciência. A consciência agora se faz o casulo, o ventre para gerar um novo ser e isto é real, verdadeiro e é também racional, tudo interno dentro de cada consciência. O esquisito é que no mundo ninguém sabe disso e mesmo eu falando ninguém acredita, e mesmo aqueles que dizem acreditar, só andam pelos desejos carnais, e eu fico perdido no meio desses carnais. Eu não sei o grau que as consciências acreditam no propósito de Deus, talvez elas nem acreditam que estão dentro de um propósito, pois se acreditassem teriam obras dignas de arrependimento.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 3 =

Categorias

Postagens Rescentes