Uma missão

Às vezes me deixo ser volúvel

Para não machucar os corações

Eu faço que entendo a situação

Mas lá no fundo, eu sofro a perdição

De uma consciência sem noção

Nunca entendi

Como que um ser vive sem razão

Leva a vida só na ilusão

E ainda pensa ser um sabichão

Vai se perder

E não está nem um pouco preocupado

Deixou o ser eterno do seu lado

E foi se divertir com o seu amado

Se satisfez

 

Eu vejo que eu vim a este mundo

Só para cumprir uma missão

Foi Deus quem levantou-me para o seu bem

E coloquei-me de corpo e alma em suas mãos

Faço tudo com dedicação

E hoje eu sei

Porque o Criador nos pôs aqui

O que o ser humano tem de bom

A consciência para ao Senhor servir

Se desviar

Do caminho que Deus já escreveu

E for atrás dos seus deleites

A vida passará e com ela tua alma não irá

Morreu de vez

 

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 15 =

Categorias

Postagens Rescentes