Vigiai e orai

Está escrito: vigiai e orai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem ele possa tragar. Vigiar é ter atenção, e orar é estar em contato permanente com o Espírito de Deus. Se diz que o espírito não dormita, mas ele vigia a consciência noite e dia. As nossas consciências estão diante de uma eternidade, e a questão aqui é como vamos passá-la, e é neste ponto que entra a batalha entre o bem e o mal, entre a vida e a morte. É interessante isto, mas tanto a vida quanto à morte, já estão dentro de nós, a vida pelo espírito e a morte pela carne, vai depender o lado que a consciência se posicionar, se ela se posicionar ao lado do espírito voltará a Deus com ele e lá no plano do céu gozará a vida eterna dele, mas se ela se posicionar ao lado da carne, cairá no vazio eterno sem volta, porque nem voltou com o espírito a Deus e nem ficou com a carne que morreu.

É simples a matemática, a vida está no espírito e a carne já é morta em si mesma, quem a vivifica já é o espírito, se a consciência quiser a vida eterna dela tem que se desligar da carne e se ligar no espírito, mas se ela não se importar com o vazio eterno pode andar pela carne até a morte, que o vazio será certo. Mais uma vez eu lembro, nós temos uma eternidade pela frente, e todos já sabem que pela carne não vamos muito longe, a única alternativa de vida eterna para a consciência é o espírito de Deus que já está dentro de nós pela vida. O propósito da vida já está montado dentro de cada um de nós e depende exclusivamente de cada consciência a vida eterna ou vazio eterno. Tudo já está nas mãos de cada consciência realizar, não está no céu e nem na Terra, mas tudo já está dentro de cada consciência. Já é o espírito que nos dá a vida, mas não o vemos nesse plano material, mas quando as nossas consciências transporem de planos, elas verão o espírito como ele é. Paulo disse: assim como hoje eu me conheço na carne, serei conhecido no espírito, tudo a seu tempo. Já foi fantástico o nosso nascimento na carne, de quanto maior será o nosso nascimento no espírito?

O propósito da vida é constituído por três fases, duas inseminações, duas gestações e dois nascimentos, um na carne e o outro no espírito. É fantástico quando uma consciência descobre o propósito da vida e o pratica, imagine, ela estará na terceira e definitiva fase da vida, que é a fase espiritual. Já passamos por uma fase, a de espermatozoide, estamos na segunda fase, a de ser humano e lá à frente temos a terceira fase espiritual. Não podemos bobear, não podemos dar lado para o azar, não podemos vacilar, o Espírito está todo o tempo nos vigiando, e na lei está escrito que ele não perdoará a nossa rebeldia, mas que devemos obedecê-lo em todo o tempo. A consciência que ficar ouvindo conversinha mole do diabo, vai cair na arapuca dele, porque se diz que o diabo é astuto e ele sabe onde pega cada consciência. Por isso na lei está escrito: vigiai e orai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, buscando quem ele possa tragar. E se a tua consciência der mole para o diabo, ele te engana, porque este é o papel dele, e jogará a tua consciência no vazio eterno. Esta é a batalha entre o bem e o mal, e quem vai decidir a vitória é o lado que a tua consciência se posicionar. Não conheço uma consciência que deu ouvido a conversa mole do diabo e se salvou, a começar por Eva, que deu ouvido a conversa mole do diabo e foi expulsa do jardim do Éden de Deus.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × dois =

Categorias

Postagens Rescentes