Vulcanizada

Eu não faço nada para os outros, mas faço por mim mesmo e para Deus. A vida eterna é para mim e para quem buscar. O propósito da vida é individual e interno dentro de cada um, não tem como ninguém realizar por ninguém, não tem como um morrer no lugar do outro e nem nascer no lugar do outro, é cada um por si. Temos que gerar o filho de Deus dentro das nossas consciências, a consciência que não gerar o filho de Deus dentro dela, cairá no vazio eterno sem perdão. A salvação de Deus não vem a cavalo, mas ela é realizada dentro de cada consciência. Quem veio do céu para conduzir as nossas consciências ao céu já é este espírito que nos dá a vida, ele veio de Deus e voltará a Deus, este já é o Senhor justiça nossa, o Cristo de Deus, o filho da vida eterna, ele já está em nós pela vida. Seria só uma troca de existência interna por parte da consciência, ela deixaria a pessoa da carne e assumiria o espírito por pessoa. Fazendo isto, a consciência, já estaria na próxima etapa da vida, a etapa espiritual.

O difícil é a consciência deixar a carne que a produziu, a consciência já está tão ligada à carne, que ela pensa que é a carne, já vulcanizou tanto na carne, que vai morrer grudada no pé da árvore. Este seria o fruto proibido que o Homem comeu e que não deveria ter comido, pois este fruto pertenceria a Deus. O ser humano é a árvore que produz o fruto do bem e do mal, e este fruto seria para buscar o entendimento do bem e não do mal como todas fazem, e isto resultará no vazio eterno para as consciências. O mais incrível é que já estamos dentro disso e o mais decepcionante é que ninguém busca saber disso, as consciências vivem esta vida da carne como se fosse a única alternativa de vida, elas não conseguem ver a vida eterna do espírito lá no plano do céu e buscam uma vida eterna na carne, até arrumaram uma ressurreição para Jesus na carne e acham que vão sair dos túmulos e irem para o céu com a carne, pior ainda, acham que o próprio Jesus virá buscá-las na carne e que os túmulos se abrirão e elas voltarão a carne, tudo absurdos improváveis de acontecer, que fere o entendimento do raciocínio lógico.

Deus é um ser racional e não irracional, Ele age por coerência e não por absurdos, não tem como um realizar o propósito de Deus pelo outro, isto é fantasia de religião. O propósito de Deus é realizado dentro de cada um, senão, não teria nenhuma importância da nossa vinda ao mundo, viemos aqui para não fazer nada, porque se um outro já fez, eu vim inutilmente. Nós, consciências, devemos realizar o propósito de Deus em nós, não é essa nossa carne que se salvará, mas sim a consciência no espírito.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 2 =

Categorias

Postagens Rescentes