A voz que nos fala

Deus sempre nos mostra em tudo

Que suas mãos sempre esteve aqui

Ela é como o vento que passa

Que bate a brisa em mim

Sua voz bela e doce sussurra

No palpitar de cada coração

Basta o abrir da sua janela

Para compreender sua razão

É como um cântico suave

Que entoa notas afinadíssimas

Sua voz é como os cânticos dos pássaros

Que nas árvores mostra a beleza da vida

Como não ouvir sua voz que ecoa?

A todo momento ela nos fala

Temos que ouvi-la atentamente

E jamais sermos um libertino inconsequente

Tenha em seu coração a razão

E ande sempre com a prudência

Ouça a voz dos céus clamando

E atente-se para a diligência

Seja como uma criança a brincar

Mas tenha perspicácia em tudo

Pois a voz da razão nos permite

Enxergarmos tudo e não agirmos por absurdos

Por isso é necessário discernimento

Para compreendermos cada detalhe

A vida que temos é agora

Para sermos um verdadeiramente com o Pai

Esteja com os ouvidos atentos

Para a voz que te corrige e te ensina

Seja repreensivo a ela em tudo

Que ela que nos conduz no caminho da vida

Por Ítalo Reis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 16 =