De mim para mim mesmo

Vou entrar em minha casa e ter uma conversa comigo mesmo. Preciso saber de algumas coisas de mim mesmo. Cheguei ao conhecimento da verdade da razão da vida, descobri o espírito de Deus dentro de mim, sei que sou a consciência que como criação a produzi. Descobri que pelo propósito da vida a minha consciência tem que se desligar da carne que a produziu e se ligar ao espírito pela vida. Trata-se de um propósito e ele já está traçado por Deus. Deus já colocou tudo ao nosso alcance, já está tudo dentro de cada um, só depende exclusivamente de cada consciência realiza-lo. A consciência é que tem que ver e fazer a troca, deixar a carne e assumir o espírito dentro dela mesma. É como quando se está com uma calça preta e a troca por uma azul, deixa uma e coloca outra. Estamos trocando de existência por nossas consciências, a carne pelo espírito, e isto pela nossa vida eterna. Agora que eu já cheguei ao propósito da vida, vou me fazer algumas perguntas: A minha consciência acredita de verdade que o propósito da vida seja este? Mas de verdade mesmo. O espírito de Deus está em mim mesmo me dando a vida? Ou é só uma questão lógica? O que eu deixei de fazer de fato pela carne que mostra que eu acredito realmente no espírito? Largar, deixar, se auto prejudicar, não se importar mais, abandonar, causar choque. Eu acredito mesmo nisto que eu falo que descobri? Acreditar como se diz de Noé que construiu a arca porque acreditou que Deus ia acabar com o mundo num dilúvio? Acreditar como se diz de Abraão que matou o filho porque Deus lhe pediu? Acreditar como Jesus que se diz ter entregado a própria vida pelo propósito dela? Acreditar como os amigos de Daniel que se diz não se importar em ser lançado na fornalha ardente por Deus? Você acredita mesmo que Noé construiu a arca? Acredita de verdade que Abraão matou o próprio filho? Será que Jesus se entregou de verdade a morte por esta causa? Eu falo acreditar de verdade e não meia boca como eu vejo. O que você faz de fato que mostra que acredita que a razão da vida seja esta? O teu filho nem bem fica doente e você já deixa Deus por isso. Está mais preocupado em dormir cedo para trabalhar de manhã a que ficar falando das coisas da razão da vida. Eu não creio, eu não creio, a coisa é muito fria para que eu creia. No que você acredita de verdade, minha consciência?

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 8 =