Encarar a verdade

Nós sabemos que todas as consciências têm medo de encarar a verdade, muitas correm da verdade, outras a enfrentam meio que de lado. A verdade sangra a consciência, a expõe a vergonha, ao ridículo, humilha, por isso todas as consciências se escondem atrás da mentira, muitas delas camuflam a verdade e só vivem de aparências. Não se conhece uma consciência transparente, que fala a verdade, que se expõe, que convida um amigo para se sentar à mesa. Imagine as fantasias que se passam por uma consciência que ela jamais tem coragem de expor? Quem tem coragem de se ligar a um aparelho detector de mentira? Quando a coisa acontece de um jeito não tem como mudá-la, mas e se a coisa tivesse acontecido de outra maneira? É fácil dizer a verdade quando ela te favorece, mas e se a verdade te condenar, você continua com ela? Eu tenho um desgosto tão grande na minha alma, de não encontrar um justo sequer diante de Deus, uma consciência que realmente se entrega a verdade de verdade não se importando com o que possa lhe acontecer.

A minha consciência se coloca nas mãos de Deus, não pela misericórdia, mas pela justiça, pensa numa consciência que quer ser julgada pela justiça de Deus, a minha consciência tem o maior prazer nisso, não tenho medo da verdade, inclusive a verdade é o meu ponto de apoio. Pensa numa pessoa que gosta de ficar sozinha, só eu e a verdade de Deus que me dá prazer, eu tenho verdadeira fascinação pelo Espírito de Deus, sinto o maior frisson quando alguém toca em mim pelo Espírito, sei que a consciência não tem controle sobre as doenças físicas, mas ela tem perfeitamente controle sobre as doenças psicológicas, tem controle sobre o sentimento emocional, sobre as ditas doenças da alma. Toda consciência tem o poder da escolha, sobre o que quer e o que não quer, só consciências fracas ou insanas são dominadas pelos desejos físicos da carne. Por isso o profeta Ezequiel disse: ó quão fraco é o seu coração, fazendo as obras de uma meretriz. Jesus disse que a verdade liberta uma consciência de qualquer prisão mental, a consciência que não expõe a verdade, logicamente está presa ao engano.

O que a tua consciência julga que pode acontecer se ela falar a verdade? Não dá para conviver com uma consciência que você não sabe o que tem dentro dela, fica uma relação de desconfiança o tempo todo. Se a tua consciência não tem medo da verdade, por que ela esconde a verdade? Qual o medo que a tua consciência tem de ficar cara a cara com a verdade? Lembre-se que é a verdade que vai te libertar eternamente, mas se a tua consciência camufla a verdade, sabei que o engano te levará ao vazio.

Por O teu espírito diz</em

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − 2 =