As dores dos ais

Quando uma pessoa está sentindo alguma dor, não consegue se concentrar em mais nada a não ser na própria dor, podemos falar sobre qualquer assunto com a pessoa, que parece que não estamos falando nada com nada, porque ela não desliga da dor, não consegue pensar em outra coisa. A pior coisa é querer falar do propósito de Deus para uma consciência e ela não dar ouvidos, te interrompe o tempo todo no meio da conversa e mal concluímos o assunto e a pessoa olha para você, e diz: puta merda, hoje eu tô ferrado com tanto entulho que tenho para tirar da obra que estou trabalhando. Aí meu irmão, é só ladeira abaixo, a própria consciência não consegue ver os próprios entulhos que juntou dentro de si mesma ao longo dos anos e só consegue se concentrar nos tormentos dos próprios pensamentos. Como vamos falar das maravilhas de Deus para as consciências se elas só sentem as dores e os ais deste mundo? Difícil, mas é a própria consciência que escolhe viver assim, é cara feia o tempo todo como que comendo o amargo do fel, são os sussurros profundos por suas próprias decepções, são os ombros caídos com uma postura caída, é a cabeça baixa indignada com o próprio fracasso, são os pés pisando em falso tropeçando uns nos outros, até caírem de vez com a cara no chão. Não tem como uma consciência dessas enxergar o propósito de Deus, é quase que impossível acontecer essa proeza, nem sabem que são a consciência, o produto da criação humana, mas se raciocinassem chegariam a esta conclusão, mas o que vemos é que ninguém busca saber a própria razão de existir, não sentem nem o espírito que Deus nos assentou pela vida. Acontece que a preocupação de todas as consciências são com esta vida carnal, não veem que a própria carne monta as armadilhas trazendo as angústias e o caos, não são capazes de ver que dentro de si mora a saída de todo este tormento.

Voz dos anjos

Katia, Michele, Vaninha, Patrícia, Milena

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 6 =

Categorias

Postagens Rescentes