Histórias e histórias (Paulo)

Paulo era um judeu nascido na região de Acaia, que pertencia a Roma, isto é, ele era um cidadão romano, e na época tinha muita importância porque o Augusto César era imperador em Roma, e todos tinham temor tocar em um cidadão romano, porque se César ficasse sabendo, ele destruiria o lugar. Paulo também era um cidadão muito influente na igreja e temente a Deus, ele era tão influente que na época depois da morte de Jesus, recebeu carta tanto do governador quanto do sacerdote da igreja para matar quem falasse contra as leis de Moisés, e Paulo ficou sabendo de Jesus, como ele arrastou muitos seguidores após si. Paulo não aceitava aquilo, de que Jesus fosse o Cristo, o vindo de Deus, tanto que ele saía nas igrejas buscando quem falasse de Jesus para matar. Estevão foi um de quem Paulo autorizou a morte dele a pedrada, tanto que jogaram as vestes de Estevão aos pés de Paulo, porque ele autorizou a morte de Estevão.

Paulo também era um homem influente porque era advogado, poliglota, defendia causas humanas nos tribunais, era formado por um grande homem Gamaliel também muito influente, e assim Paulo tinha grande influência. Até que certa vez ele foi para a região de Damasco por ouvir falar que lá tinham muitos seguidores de Jesus, mas indo pelo meio da estrada, Paulo teve uma visão e descobriu o Cristo também nele, o espírito de Deus que lhe dava a vida, no que, ele entendeu que não estava perseguindo Jesus, mas estava perseguindo o espírito de Deus nele. Tanto que ele entendeu o que o espírito lhe disse: Paulo, Paulo, por que tu me persegues? E Paulo ficou atônito, mas mesmo com essa visão, não enxergava mais nada, porque tudo que aprendeu até então, passou a ser engano, e ele foi orientado a ir à casa de Ananias que falava do evangelho de Cristo, e Ananias o temeu a princípio, mas através de um sonho, Deus disse: vai lá e fala com Paulo, pois agora ele se arrependeu. E Ananias foi lá e foi tirando as escamas do olho de Paulo, isto é, foi esclarecendo a mente dele a respeito da doutrina de Cristo, falando que o espírito de Deus já estava nele e que este era o Cristo de Deus, e que Jesus apenas assumiu a pessoa de Cristo.

Paulo entendeu o evangelho e deixou de defender causas humanas e passou a defender a causa de Deus, e foi o maior doutrinador que temos na bíblia falando do evangelho de Cristo, ele viu que tudo aquilo que fazia antes por Deus, se tornou em escória, tudo vão, como os religiosos fazem hoje nas igrejas. Tudo isso que os religiosos fazem é em vão, não presta para nada, estão completamente enganados, o Cristo de Deus já está neles e eles ficam atribuindo a pessoa de Cristo só a Jesus. Hoje, foi revelado a mim também o propósito de Deus e eu tento pregar para as pessoas como Paulo, mas assim como Paulo encontrou muita dificuldade, hoje também temos muita dificuldade em pregar o propósito de Deus.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 18 =

Categorias

Postagens Rescentes