Identifiquei-me

Identifiquei-me com a vida

Entreguei-me ao meu eterno ser

Fiz dele meu amado,

E com ele venho a me envolver

Ele quem me tirou do lodo,

E por tuas palavras me lavo

Mostrou-me seu segredo

E encheu-me do seu amor

Lumiou toda minha casa,

Dissipou toda escuridão

Fez meus olhos enxergarem

A grandeza que já habita em meu coração

Eu não hesitei em reconhecer

Aquele que me deu aos mãos

Porque ele me chamou

Para apresentar sua tão grande salvação

Eu ouvi o seu decreto reto

E os guardei no relicário

Deixei armazenado na pasta

Como um segredo bem guardado

Fui aprendendo com ele,

A ouvir o silêncio falar

Me veio coisas excelentes

Que fizeram minha alma se alegrar

Foi enunciado sua palavra

E guardei com respeito mútuo

Sentir o transformar no peito e eliminei todos os absurdos

Hoje olhando a trajetória

Vejo o que tive que andar

Entendi cada processo

Para minha alma se fortificar

Quão prazeroso é me olhar

Ver onde estou,

Senti as lutas travadas

E ver que meu interno tudo suportou

Me é um grande aprendizado

Ser conduzido pela vida,

Ela me instrui no caminho

E sigo rumo a vida infinda

 

Por Ítalo Reis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − onze =